Escreva para pesquisar

BOLA DA VEZ

Chico Pithon, Victor Lima e Felipe Sabugosa – diretores da PIXEL

Compartilhar

Chico Pithon, Vitor Lima e Felipe Sabugosa

O Bola da Vez reúne agora Chico Pithon, Victor Lima e Felipe Sabugosa, três diretores da PIXEL (http://www.pixelprodutora.com.br/), produtora carioca que tem como sócios Fabricio Cannavezes e Bruna Alonso. Autodenominada uma “produtora áudio-visual jovem”, a PIXEL está sediada em uma casa de dois andares em Botafogo, no Rio de Janeiro.

Sobre os diretores:

Chico Pithon foi assistente de direção na Conspiração e O2. É também ator. Do outro lado das câmeras pode ser visto em comerciais como o da Ypióca estrelado por John Travolta, e também da BR Distribuidora, no qual atua como um frentista.

Já o Victor Lima tem formação em Design Gráfico pela ESPM e trabalhou na Conspiração Filmes de 2010 a 2012 no Núcleo de Publicidade. Também fez parte da pós-produção dos longas “O Homem de Futuro”, de Cláudio Torres, e “Os Penetras”, de Andrucha Waddington. Em 2012 fundou a “Hola Que Tal”, produtora audiovisual.

Felipe Sabugosa trabalhou por dois anos na SIC – TV Portuguesa. Lá, se desenvolveu na direção de fotografia de longas, documentários, programas de TV e comerciais. Hoje, se dedica à direção.

Voxnews – Quais as principais características de cada um na direção de cena?

PIXEL – Os três têm formações distintas que acabam se complementando nas produções em que co-dirigimos. O Chico tem uma pegadamaior com elenco, já o Victor “desenha” mais os quadros, tendo um noção estética apurada e filma sempre pensando na pós-produção. E o Felipe possui uma sensibilidade na fotografia, na luz e enquadramento de cenas fazendo com que o produto final tenha uma “energia”na imagem.

Voxnews – A produtora produz tanto comerciais, quanto séries para TV e videoclipes. Como é feita essa divisão entre vocês?

PIXEL – Cada job tem uma característica que, automaticamente, se encaixa no perfil de cada diretor. Essa divisão é feita da maneira mais natural possível. Fora isso, cerca de 50% dos jobs da produtora são co-dirigidos por dois diretores. Isso faz com que o resultado final seja ainda melhor.

Voxnews – E qual o diferencial da PIXEL na produção desses trabalhos?

PIXEL – A PIXEL possui experiência de produtora grande com a realidade financeira do mercado atual. Ou seja, entregamos um material de qualidade no final, mesmo se o orçamento for restrito. A produtora também consegue viabilizar comerciais, clipes e projetos de baixo orçamento quando os mesmos são interessantes aos diretores.

Voxnews – Quais trabalhos assinados por vocês que destacam?

PIXEL – O Chico dirigiu o DOC “Bonde do Simão” veiculado recentemente nos canais Multishow e OFF, os comerciais para o lançamento do Shopping ParkLagos e de Natal para o Via Parque. Também está finalizando a campanha do curso de idiomas YES estrelado pelo Leandro Hassum. O Felipe co-dirigiu a elogiada campanha para TV e internet do Vigilantes do Peso com o Chico e está rodando uma campanha nacional para os celulares ALCATEL. Já o Victor tem feito videos de moda para importantes marcas, como Toulon, Outer e Wollner, video-cases para a Coca-Cola e ainda é co-diretor do clipe da banda Melanina Carioca.

Voxnews – O que serve de inspiração para vocês na hora de dirigir? Algum diretor influencia o trabalho de vocês?

PIXEL – O Victor e o Chico se espelham em diretores nacionais como: Andrucha Waddignton, Fernando Meirelles e Claudio Peralta. O Felipe se identifica com os filmes de Paul Thomas Anderson por conta da variedade de temas e o poder de contar diferente histórias com a mesma personalidade.

Voxnews – Quais as expectativas da PIXEL para 2014?

PIXEL – O objetivo de reunir os três “diferentes”diretores é poder oferecer novos olhares para o mercado publicitário e de entretenimento. Esperamos continuar sendo bem absorvidos pelo mercado publicitário e de TV e rodar bastante nesse ano, mantendo a media de dois jobs por mês para cada diretor.

Voxnews – Sobre os novos projetos da PIXEL. A produtora pretende investir mais em conteúdo?

PIXEL – Ao participarmos de eventos como Rio Content, Wave e Rio Market, percebemos que a forma da marca se comunicar com o público mudou. Projetos de conteúdo online e branding estão cada vez mais fortes e mais eficazes. Acreditamos, também, nessa linguagem e nesse caminho. Por isso, o investimento em conteúdo próprio e para as marcas é inevitável.

Deixe um Comentário

Next Up