Escreva para pesquisar

BOLA DA VEZ

André Marques – sócio e CCO da Zmes

Compartilhar

Nesta segunda-feira, 12, André Marques está sendo anunciado como novo sócio e CCO da Zmes, agência lançada em novembro de 2020. O criativo chega no momento no qual a agência aponta um crescimento já atendendo cinco anunciantes com um time atual de 24 colaboradores. Ex-CCO WMcCann, André ainda tem passagens pela direção de arte da Africa e da Publicis. O publicitário também atuou como diretor de Marketing do Habib’s.

 

André se une ao time formado por Marta Masagão (CSO) e ex-Pepsico, Henrique Makauskas (CTO) e um dos responsáveis pela construção da plataforma digital da Dafiti, Ricardo Tassi (COO) e ex-sócio da consultoria McKinsey, e Marcelo Tripoli, pioneiro na área de marketing digital no Brasil e ex-vice-presidente da McKinsey. Além de um time de gestão único, a Zmes conta com sócios investidores de peso como: Claudio Loureiro, fundador e presidente da Heads; Helio Rotenberg, fundador e CEO da Positivo Tecnologia; e Miguel Krigsner e Artur Grynbaum, respectivamente fundador e CEO de O Boticário.

 

Para o VoxNews, o profissional respondeu algumas perguntas sobre o novo desafio e conta, também, sobre a necessidade da combinação entre criatividade e tecnologia. Confira abaixo.

 

VoxNews – Ainda estamos no auge da pandemia. Qual a importância da sua chegada à Zmes?

 

André Marques – A Zmes já nasceu neste cenário complexo. Ao invés de investir energia nos adaptando e nos reinventando a uma nova realidade, estamos trabalhando nas oportunidades que esta nova realidade apresenta. Mais do que nunca, as empresas precisam de parceiros estratégicos e completos que possam ajudar as suas marcas a sobreviverem ou prosperarem neste cenário.

 

Você já transitou entre grandes agências e clientes com cargos estratégicos. O que pode ser o diferencial na sua experiência para o crescimento da Zmes lançada há pouco tempo?

 

André Marques – A Zmes tem como propósito libertar todo o potencial de grande empresas. Acreditamos que isso só acontece quando misturamos consultoria, tecnologia e criatividade. E é no braço da criatividade que venho aportar o meu conhecimento, seja executando campanhas criativas para grandes marcas como também para entregar um olhar mais estratégico para o trabalho criativo, com a experiência que adquiri como diretor de marketing.

 

VoxNews – Como você vê esse movimento das marcas em apostar em consultorias e agências com uma ampla visão de tecnologia?

 

André Marques – É um caminho sem volta. Aliás, quem não percorreu este caminho está perdendo grandes oportunidades. A tecnologia e o uso de dados aplicados no marketing e na comunicação têm capacidade de gerar resultados exponenciais. Se todos os dados disponíveis forem trabalhados de forma ordenada, facilitando a geração de insights, todo o processo de tomada de decisão pode ser feito com mais embasamento. Também é possível corrigir rotas durante o trajeto.

Rotinas típicas de um trabalho de performance, por exemplo, podem ser aplicadas em outras camadas do funil, como campanhas de awareness.

 

VoxNews – Os jovens criativos já entendem a importância da união da criatividade com a tecnologia? Quais dicas você daria para quem está começando na publicidade?

 

André Marques – Acredito que sim. Os jovens criativos já nasceram em um contexto digital e vivem a internet como extensão de seu corpo, por isso, é impossível desconectar as plataformas de tecnologia de suas formas de comunicar. Por consequência disso, existe uma profunda mudança no modo como as marcas conseguem disputar atenção destes jovens em um contexto de super segmentação dos interesses e comportamentos. Cada vez mais é necessário entender o contexto e pensar a comunicação como um conteúdo que entretém e que não interrompe. Hoje, é imprescindível levar em consideração os dados como um alimento para a intuição criativa.

 

VoxNews – Qual o principal diferencial da Zmes? O que te motivou a aceitar esse desafio como sócio e CCO?

 

André Marques – O fato da Zmes já ter nascido em um modelo que mistura grandes profissionais de consultoria e também de agência me fez acreditar que este formato tem tudo pra dar certo. Assistimos hoje um grande movimento de agências querendo agregar a consultoria como parte da entrega aos seus clientes. E consultorias agregando entrega criativa a seus serviços. Só que agências e consultorias precisam promover uma mudança estrutural e cultural. A Zmes não precisa administrar este legado pois foi fundada por consultores, criativos e engenheiros altamente reconhecidos em seus campos de atuação.

 

VoxNews – O que podemos esperar da Zmes para 2021? Qual a previsão de crescimento para esse ano?

 

André Marques – Já estamos trabalhando com cinco grandes marcas – Yduqs e mais marcas em processo de assinatura de contrato -, e esperamos entregar um resultado muito acima do projetado para o primeiro ano do negócio. Mas acima de tudo, será um ano onde a Zmes consolidará este novo formato com o estabelecimento de uma equipe robusta de consultores, criativos e engenheiros.

 

Tags:

Deixe um Comentário