Escreva para pesquisar

BOLA DA VEZ

Flávio Martino – diretor-geral da nova/sb Rio

Compartilhar

O que pode mudar na publicidade após a pandemia de COVID-19?

O coronavírus trouxe com ele grandes e profundas transformações que afetarão toda a sociedade. Aliás, já está acontecendo. Sem nenhum tipo de treino, populações no mundo inteiro tiveram que se reinventar e estabelecer um novo modo de vida para sobreviverem. Além de ameaçar vidas, o que já é apavorante, o momento também trouxe ameaça significativa para as economias ao redor do mundo. Esse binômio saúde-economia tem como consequência o esgarçamento de todo tecido social existente, nos obrigando a viver um novo normal.

A publicidade, assim como vários setores, já vinha ensaiando mudanças. O problema era achar o momento. Infelizmente, está acontecendo por conta da Covid-19. O processo acelerou e mudou nossa a forma de atuação das marcas que tiveram que rever seus planejamentos, seus posicionamentos e suas campanhas. Uma mudança de curso importante para pequenos, médios e grande anunciantes.

A mudança digital, que todos apontam, acredito que já estava em pleno curso natural. Apenas aprofundou o uso do ambiente virtual. Mas, nesse contexto, acredito que o cenário de inúmeras incertezas e muitas mudanças, a mais significativa, pelos menos a que identifico, está a tendência ao retorno de uma maior humanização na relação marca e consumidor. Aproximou algo que estava muito automatizado nos últimos tempos, numa relação nem sempre saudável. E isso torna a publicidade mais relevante hoje e amanhã como ferramenta estratégica no mundo pós-pandemia.

Tags:

Deixe um Comentário