Grupo ABC compra agência Salve

06/04/2015

logo_agencia-salve

O Grupo ABC está anunciando a entrada da agência Salve, de propaganda digital, em seu portfólio de agências. Liderada por Carlos Pitchu, Luís Renato Lui, James Scavone e Ricardo Schreiner, a Salve faz criação e gestão dos ativos digitais de seus clientes. Fundada em 2008, realizou trabalhos relevantes para clientes como Natura, Kimberly Clark, Pfizer, MSD, Sandisk, Blowtex, e Walmart.com.

Nizan Guanaes, sócio fundador do ABC, saudou a entrada da Salve no grupo: “Não estamos só vendo crise porque estamos olhando para o futuro. Por isso, a entrada da Salve é um marco. Ela é a primeira agência native digital brasileira do ABC e também carrega em seu DNA a inquietação, o empreendedorismo e a força criativa que marcam o nosso grupo”.

“A proposta do ABC de valorizar o talento, a criação, a gestão e o empreendedorismo casou muito bem com a nossa visão. Trabalhar diretamente com dois ícones da propaganda como Nizan e Guga será um grande aprendizado. Nossa permanente inquietação e busca de inovação podem contribuir neste momento de transformação da propaganda”, disse Carlos Pitchu, CEO da Salve.

A associação com a Salve é a terceira desde a entrada da Kinea Investimentos no Grupo ABC. A empresa, controlada pelo Grupo Itaú, se uniu ao ABC em 2013 com o objetivo de prover recursos para a aceleração da expansão via novas aquisições e desenvolvimento das empresas. Em setembro de 2013 foi anunciada a associação com a CDN, uma das maiores agências de relações públicas e assessoria de imprensa do País. No ano passado, foi a vez da Escala, uma das maiores agências do Sul do Brasil.

Fundado em 2002, o ABC cresceu em média mais de 20% ao ano e suas 16 agências são destaque em todas as premiações da publicidade no Brasil e no mundo.

  • compartilhe: