Dafiti usa linguagem nonsense para mostrar seus bastidores

22/04/2013

Um mundo fantástico onde todo mundo respira moda e tudo pode acontecer. É com linguagem lúdica e divertida que a Dafiti, o maior e-commerce de moda do país, apresenta para o público os bastidores de sua operação. Criada pela VML, a campanha destaca o compromisso com a entrega, a curadoria das peças, a logística, a variedade, a política de trocas e o controle de qualidade.

De acordo com Vitor Knijnik, VP de Criação da agência, a campanha “Centro de Distribuição” utiliza a linguagem da fantasia, do humor e do nonsense para materializar a megaoperação que a grande maioria dos brasileiros só conhece no mundo virtual.

A história de sucesso da Dafiti é contada em uma série de três comerciais. Eles são diferentes “capítulos” que revelam os bastidores de um e-commerce. A versão completa poderá ser vista em um webfilm de três minutos, o qual será divulgado na página da Dafiti e no Youtube no início de maio. O material foi todo filmado no Centro de Eventos da FIERGS, em Porto Alegre, que tem área total de mais de 36 mil m².

Nos filmes, a câmera mergulha pela tela do computador, na homepage da Dafiti, e cai exatamente no seu Centro de Distribuição. Ali, uma apresentadora nos conduz por um mundo fashion com modelos de cabelos esvoaçantes (graças ao ventilador), araras e muitas roupas. Tudo apresentado com toques de bom humor e surrealismo, com representações físicas e animações em 3D.

No webfilm, por exemplo, personagens inspirados em icônicos estilistas aprovam um look Dafiti e explodem – o que lembra o famoso vestido de cisne da cantora Bjork. O objetivo é reforçar o trabalho de curadoria da marca. Em outra cena, um colaborador recebe um vestido de volta e comenta que existe gosto para tudo enquanto come uma berinjela com chantilly.

A criação da campanha é de Marcel Aires, Paulo Carvalho (Feijão) e Vitor Knijnik, sob direção de criação de Vitor Knijnik. A direção de cena é de Marcello Lima da produtora Zepellin.

  • compartilhe: