Escreva para pesquisar

BOLA DA VEZ

Caio Abreia e Bruno Miguel – Movie Machine

Compartilhar

 

 

Lançada há quase dois anos – em meio à crise econômica que assolava o país – por Caio Abreia e Bruno Miguel, a Movie Machine se consolida com a produção de mais de 200 filmes e a abertura de uma sede em Los Angeles.

Também confiante no mercado nacional, a produtora se prepara para divulgar novos diretores para o time e investe em um parque de luz totalmente novo, com a mais recente e moderna tecnologia LED. “O nosso grande diferencial é que cada um que integra a equipe é extremamente apaixonado pelo que faz e tem voz ativa, desde o estagiário até a direção”, afirmam citando uma das principais características da Movie Machine

 

 

VoxNews – Em quase dois anos de produtora já são mais de 200 filmes e mais de 10 prêmios importantes. O que diferencia a Movie Machine no mercado?

 

Movie Machine – Acho que a nossa ideia inicial de unir a experiência de anos de mercado trazida pelo Caio em todos os tamanhos de produções e o frescor do Bruno com uma forma nova de pensar a produção, deu super certo. A Machine hoje tem uma demanda grande de trabalho vinda de várias agências do Rio e São Paulo. A nossa empresa hoje é bem mais do que apenas uma produtora. Estamos juntos dos nossos clientes dando também assessoria, pensando o projeto juntos. Entendemos as expectativas versos a realidade financeira do projeto e definindo o melhor formato de realização.

 

O foco principal é viabilizar o projeto dentro da verba existente, superando a expectativa do cliente e da agência. Reavaliando o modelo tradicional de produtora, desenvolvemos soluções mais coerentes com as necessidades atuais do mercado, assim nos tornamos mais agressivos em desempenho e mais dinâmicos nos processos de produção.

 

VoxNews – A produtora também abriu uma filial em Los Angeles em 2017. O que vocês podem falar dessa estrutura?

 

Movie Machine – A ideia de abrir a Machine no USA foi natural pra nós. Bruno já ia há 9 anos a Los Angeles filmar para um cliente de moda. As filhas do Caio foram estudar fora e, com isso, ele passou a ir periodicamente para lá. Durante estes períodos, começamos a perceber uma abertura grande no mercado para a produção de conteúdo web. O mercado americano hoje tem um volume enorme de venda em e-commerce e com isso a demanda de produção de conteúdo para a web é imensa.

 

Hoje, a Machine já é uma realidade por lá, produzindo conteúdo para diversas marcas como Universities.com, Babe Kombucha Co, Natura Waxing, Kmun Industries, Qualo, SDU entre outras. Nossa demanda de produção tem sido focada em conteúdo pra web, com contratos diretos com os departamentos de marketing das marcas. Bem diferente da forma de atuação da Movie Machine no Brasil.

 

VoxNews – A equipe é enxuta mas com nomes reconhecidos no mercado. Como se deu a escolha por uma estrutura nesse formato?

 

Movie Machine – Nosso foco é e será sempre nos talentos. Lógico que fizemos um investimento enorme em equipamentos de produção e pós produção. Mas, nosso foco é ter sempre um time montado com pessoas competentes que executem bem suas funções, que sejam apaixonadas e que queiram mais. Pessoas com múltiplos talentos. O Bruno, por exemplo, além de ter talento na direção, é uma fera também na fotografia, edição, composição e por ai vai. O Caio além de diretor também é super talentoso na edição, entende como ninguém de produção sem falar no talento como empresário. Nosso fundamento principal é ser melhor e melhor a cada dia e para isso juntamos pessoas que pensem desta forma, uma equipe formada por talentos no audiovisual.

 

VoxNews – Quais os principais trabalhos com a assinatura da Movie Machine nesse curto período de “vida”?

 

Movie Mechine – A campanha de Americanas.com que atingiu mais de 150 milhões de views, a campanha “Clássicos Cariocas” (com Marcelo Adnet, Marcos Veras, Eduardo Sterblicht e Rafael Portugal) para a TIM, o filme “Educação no Trânsito” para a Prefeitura do Rio, os filmes de Leader que fizemos com o Roupa Nova e a Giovanna Antonelli, os filmes de criação de conteudo feitos pra GOL. Também podemos citar a campanha “Passinho do Judoca” feito para Infraero nas Olimpiadas do Rio, “Vira-Vira”, ação contra a dengue pra TV Record, entre outros.

 

VoxNews – Em um mercado com verbas de comunicação cada vez mais escassas, manter qualidade audiovisual acima da média e ter lucratividade é a “fórmula do sucesso” da Movie Machine?

 

Movie Machine – A fórmula está na nossa equipe, desde a direção ao estagiário. Somos uma equipe com enorme capacidade de adaptação a realidade de mercado sem nunca perder a qualidade audiovisual, técnica e criativa. O nosso grande diferencial é que cada um que integra essa equipe é extremamente apaixonado pelo que faz e tem voz ativa, opinando e pensando junto.

 

VoxNews – Como veem o mercado audiovisual no Brasil atualmente?

 

Movie Machine – Desde o nosso início somos extremamente confiantes no mercado audiovisual. Acreditamos que atualmente, em um mercado globalizado tão fragmentado, o vídeo se firma definitivamente como a alternativa mais completa de comunicação, para todos os setores e tamanhos de negócio. Por isso, tivemos a coragem de abrir e investir no meio de uma crise econômica como a que passamos. Nossas conservadoras metas iniciais foram superadas muito mais rápido do que prevíamos. Começamos bem e estamos crescendo a cada dia. Conquistando novas parcerias, novos clientes e muitos resultados positivos.

 

VoxNews – O que podemos esperar da Movie Machine em 2018?

 

Movie Machine – Muitas e muitas novidades. Em 2018 novos diretores chegam ao time. Na parte de produção de conteúdo, lançaremos alguns canais no Youtube em parceria com atores extremamente talentosos, alguns já famosos na mídia TV e outros nem tanto. Estamos entrando em produção de um documentário sobre um grande herói do esporte brasileiro, e temos convite de uma emissora para fazer deste uma série com outros nomes do esporte. Também estamos trazendo para a nossa Machine um parque de luz totalmente novo, com a mais recente e moderna tecnologia LED.

 

Tags:

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *