Livro retrata trajetória histórica de Altino João de Barros

18/09/2013

Neste mês de setembro Altino João de Barros, conselheiro da WMcCann e referência obrigatória na história da mídia brasileira, completa 69 anos de carreira, todos eles na mesma casa – onde, em 1944, iniciou sua vida profissional como office boy, passando a mídia, gerente, diretor, chegando a vice-presidente da então McCann Erickson. Possivelmente o mais antigo publicitário do mundo em atividade, aos 88 anos, Altino até o início do ano dava expediente quase que diariamente em sua sala no segundo andar da sede da WMcCann em São Paulo.

“Às vezes, o processo de rejuvenescimento das agências é exagerado e quisemos mesclar conhecimento com juventude na WMcCann, por isso o Altino está na mídia, exercendo seu papel de guru. No McCann Worldgroup, apesar das trocas de presidentes, todos o reconhecem e sabem da importância dele”, explica Paulo Gregoraci, vice-chairman e COO da WMcCann.

Para celebrar sua trajetória, a WMcCann e o Grupo de Mídia lançam hoje, dia 18, em evento para convidados, o livro “A Mídia no Brasil. Do Reclame à Era [email protected]”, livro escrito pelo próprio Altino e publicado pela Editora Matrix.

A obra, repleta de depoimentos de amigos, admiradores e familiares, retrata a história do profissional que, entre outros feitos, criou o top de 5” – ao visualizar oportunidade publicitária na tela cinza com contagem regressiva que as TVs utilizavam para alertar as afiliadas sobre a entrada de programas em rede nacional – foi o primeiro mídia a descobrir que os veículos concediam descontos, ajudou a criar o IVC e negociou e conviveu com os principais empresários da comunicação brasileira.

  • compartilhe: