BOLA DA VEZ



O Bola da Vez é o espaço que o Vox News reservou para, através de entrevistas, mostrar o trabalho e a opinião de profissionais que estão se destacando no meio da comunicação e daqueles de quem ainda vamos ouvir falar...

Por Amanda Corrêa


Fred Ouro Preto – diretor de cena da Trator Filmes

02/07/2013

Diretor de cena da Trator Filmes, Fred Ouro Preto começou a ter contato com o universo da direção acompanhando o tio – Dinho Ouro Preto – na gravação de videoclipes. Tendo passado por diversas áreas, desde a técnica a pós-produção e trabalhado para as principais produtoras do mercado, Fred apostou na carreira de diretor.

Já dirigiu cerca de 20 videoclipes. Venceu o VMB 2011, da MTV, na categoria Videoclipe do Ano, com trabalho para o Emicida, música “Então Toma”. Também para o rapper, assinou o videoclipe da música “Triunfo”.

Na Trator, acaba de produzir novo videoclipe para o Emicida e venceu o Music Video Festival, na categoria Melhor Videoclipe Nacional, com clipe “EuVoluindo”, para o grupo carioca de rap ConeCrewDiretoria. Na publicidade, já filmou para agências como JWT, Taterka, Wunderman, Young & Rubicam, Agência Click, Agência Tudo e Ponto de Criação.

Voxnews – Para começar, conte-nos sobre o início da sua carreira. Quando percebeu que queria ser diretor de cena?
Fred – Quando eu tinha 18 anos eu frequentava muito o universo da música, por acompanhar o meu tio Dinho Ouro Preto no auge do sucesso com o acústico MTV. Eu conhecia muitas bandas, pessoal de rádio, da MTV, e eventualmente de produtoras que faziam os videoclipes deles. Comecei fazendo estágio na Academia de Filmes muito cedo. Sempre quis ser diretor e então de cara comecei a me arriscar dirigindo clipes, porém paralelamente passei cerca de 6, 7 anos trabalhando como técnico ou em funções de pós-produção ou em set de filmagens em praticamente todas as produtoras do mercado. Com isso, ganhei bastante bagagem.

Voxnews – O que te faz mais feliz: dirigir um comercial ou um videoclipe?
Fred – Gosto muito dos dois, na verdade não quero ficar preso nem com um, nem com outro. Quero produzir trabalhos pra TV também. Agora, penso em fazer menos videoclipes e mais comercias.

Voxnews – Quais as diferenças entre os dois?
Fred – Hoje em dia, eu acabo recusando cerca de 80% das propostas de videoclipes que surgem. Quando faço acabo sendo muitas vezes o produtor executivo e fazendo a ponte com marcas por patrocínio. Praticamente em todos os últimos videoclipes que eu fiz aconteceu isso.

Na publicidade, atuo diretamente como diretor, trabalhando ao lado de atendimentos e da produção executiva, o que pra mim é ótimo.

Voxnews – Como é a sua rotina de trabalho?
Fred – A minha rotina tem sido lidar com diversos trabalhos de clientes, agências e artistas diferentes ao mesmo tempo. Então, é preciso conseguir balancear estes horários e compromissos cruzados. Na Trator Filmes eu conto com uma equipe muito boa de atendimento, assistentes de direção e coordenação de pós.

Voxnews – Quais trabalhos seus você destaca?
Fred – Destaco o videoclipe “Crisântemo”, do Emicida (www.youtube.com/watch?v=iJHEQkL9lww). Conseguimos retratar uma história muito séria através de um trabalho com atores muito sofisticados. Foi a primeira vez na minha vida que dirigi um teste de VT!!! Na sequência tivemos um preparador de elenco muito bom, Marcelo Corpanni na fotografia, tudo deu muito certo.

Outro trabalho que eu gosto muito é uma introdução de um aplicativo que fizemos para a Fiat, um filme de performance com tinta nos pneus, em parceria com a AgênciaClick.

Voxnews – Quem te inspira?
Fred – Tudo me inspira, mas eu organizo minha pesquisa na minha página do Vimeo (risos).

Voxnews – Onde você imagina estar daqui a dez anos?
Fred – Imagino em dez anos ter dirigido capítulos de, pelo menos, umas três séries de ficção, umas três documentais, cerca de 16 videoclipes de bastante destaque, e comercias cada vez maiores e mais focados no meu estilo.

  • compartilhe: