“É justo isso?”: artistas em campanha pela descriminalização do usuário de drogas

10/07/2012

A X-Tudo Comunicação Completa é a responsável pela campanha que vai apoiar o projeto de lei pela descriminalização do usuário de drogas que irá tramitar no congresso. Assinada pela CBDD ( Comissão Brasileira sobre Drogas e democracia ) e com apoio da ONG carioca Viva Rio, a campanha traz o tema a discussão a partir do bordão : “É justo isso?”. O objetivo é conseguir 1,3 milhão de assinaturas para serem apresentadas no Congresso ano que vem.

A campanha é estrelada por artistas que interpretam casos reais de injustiças  que só aconteceram graças a atual Lei de Drogas.Dentre eles estão: Luana Piovani, Luiz Melo, Isabel Fillardis, Felipe Camargo, Jonathan Azevedo e Regina Sampaio. Os artistas participaram de forma voluntária e não aceitaram cachê. Também há a participação de dois defensores públicos, Rodrigo Pacheco e Daniel Nicory. Ambos vivenciam em suas carreiras, a realidade de uma legislação que não difere o usuário do traficante.

Quando questionada do motivo de participar desse movimento a atriz Luana Piovani foi enfática: “Eu estou muito interessada numa sociedade mais justa, com menos dispersão de energia em assuntos errados. É preciso diferenciar o traficante do usuário pra que a gente não perca tempo, justiça, e  profissionais no foco errado.” A campanha será veiculada em rede nacional, através das mídias TV, Revista, Rádio, Jornal e Internet.

  • compartilhe: