Borghi afirma que não conhecia André Vargas

15/04/2015

O publicitário José Borghi, presidente da Borghi/Lowe, enviou um comunicado ao mercado sobre as declarações do ex-VP da agência, Ricardo Hoffmann, preso na semana passada durante a 11a. etapa da Operação Lava Jato. Hoffmann, citado por suspeita de pagamento de propina ao deputado cassado André Vargas, teria citado em depoimento o nome de Borghi. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, Hoffmann afirmou no depoimento que o presidente da agência, José Henrique Borghi, determinou “de forma excepcional” o repasse de comissões para as empresas LSI Solução e Limiar Assessoria e Consultoria em Comunicação, do ex-deputado federal André Vargas e seus irmãos.

O publicitário se coloca à disposição das autoridades para esclarecimentos.

Abaixo, a íntegra:

Tomei conhecimento pela imprensa sobre as declarações do ex-funcionário Ricardo Hoffmann feito à Polícia Federal em que cita meu suposto envolvimento em negociações feitas por ele com o ex-deputado André Vargas ou suas empresas. Em relação a este fato informo que:

– nunca conheci ou tive contato com o ex-deputado ou qualquer pessoa ligada a seus negócios;

– possuo 32 anos de vida profissional, atuando no mercado criativo da publicidade de forma ética, sendo reconhecido por campanhas vencedoras para empresas diversas nacional e globalmente.

Coloco-me à disposição das autoridades para esclarecer qualquer ponto.

  • compartilhe: