Alerj faz campanha por adoção

18/02/2013

De acordo com o Conselho Nacional de Justiça, em todo o Brasil, hoje, mais de cinco mil crianças e adolescentes esperam para serem adotados. Dados do Cadastro Nacional de Adoção (CNA) mostram ainda que aumentou o número de interessados que não se importam com a cor da pele ou com a idade da criança. Os números, porém, vão de encontro com um problema para quem resolve adotar uma criança: o tempo de espera no processo de adoção.

Para agilizar os processos de adoção, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, Alerj, aprovou a lei 6.058/11, que garante a prioridade de tramitação dos processos de adoção. E para divulgar a lei, a Staff assina o filme “Processo abandonado” para a Alerj.

  • compartilhe: