Escreva para pesquisar

PUBLICIDADE & MARKETING

STF homologa delação de Renato Pereira

Compartilhar
O STF acaba de homologar a delação do publicitário Ricardo Pereira. Dono da agência Prole, que atendeu durante anos as contas publicitárias do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Prefeitura do Rio, Pereira teve seu acordo negado inicialmente pelo ministro Ricardo Lewandovski. Sua delação voltou para a PGR e foi reapresentada recentemente, com alguns ajustes. Desta vez, o STF aceitou as condições.

Na delação, o marqueteiro dá detalhes dos pagamentos em caixa dois durante as campanhas do ex-governador Sérgio Cabral, do atual governador Luiz Fernando Pezão e também do ex-prefeito Eduardo Paes.

Renato Pereira foi o marqueteiro responsável por campanhas de políticos do PMDB a cargos executivos no Rio de Janeiro durante quase 10 anos. No acordo de delação fechado com a Procuradoria-Geral da República, ele diz que era usual o pagamento de parte do valor das campanhas em caixa dois. Só na campanha de Pezão ao governo do Rio ele admitiu ter recebido cerca de R$ 800 mil de forma não declarada.

Nota da coluna Radar, da revista Veja.

Tags:

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *