Escreva para pesquisar

DIGITAL

Samsung é proibida de vender Galaxy Tab nos EUA

Compartilhar

Uma corte americana determinou no final desta terça (26) a interrupção da venda do Galaxy Tab 10.1, da Samsung no país. A juíza responsável considera a acusação da Apple de que a empresa coreana teria copiado ilegalmente o design do iPad. A juíza federal Lucy H. Koh disse que a ação movida pela Apple deve proceder.

Koh havia dito anteriormente que os produtos eram “praticamente indistintos”, mas evitou último tomar a drástica medida da interrupção de vendas do aparelho em dezembro último. Contudo, Koh mudou de ideia após a CAFC (Corte de Apelações do Circuito Federal) tê-la ordenado que revisasse o pedido da Apple em 19 de junho, alegando que a empresa tinha um caso sólido.

“Apesar de a Samsung ter o direito de competir, a empresa não pode fazê-lo de forma desleal, inundando o mercado com produtos que infringem direitos autorais”, escreveu Koh na ata judicial da terça. A juíza disse que a Apple sofreria “danos irreparáveis” se as vendas do Galaxy Tab 10.1 prosseguissem.

A Samsung disse estar decepcionada com a decisão da corte. “Vamos tomar as necessárias medidas legais e não esperar que a decisão influencie significantemente nossas operações, já que temos uma ampla gama de produtos da linha Galaxy Tab”, disse a empresa em comunicado.

Com agências internacionais

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *