Porto Seguro revela ogro no trânsito

08/06/2015

Dê a primeira buzinada quem nunca cometeu uma pequena barbaridade no trânsito. Um avanço sobre a faixa de pedestres, uma disputa para mudar de pista, um gesto pouco cordial para outro motorista. No trânsito, há muitos gatilhos para despertar o ogro que existe em nós. Por isso, “quando for pegar o carro, deixe o ogro em casa”. Esse é o tema da nova campanha do Porto Seguro Auto para sua plataforma Trânsito+gentil, que desde 2010 fala com as pessoas sobre comportamento e incentiva as boas práticas.

Criado pela Caso Comunicação e produzido pela Vetor Zero, o filme une captação ao vivo e animação 3D para transformar um motorista em ogro quando ele toma uma atitude pensando apenas em si, e procura mostrar como esse comportamento é inconveniente e possível de se evitar.

FICHA TÉCNICA:

Anunciante: Porto Seguro Seguros

Título: Escola

Produto: Porto Seguro Auto / Trânsito+gentil

Diretor de Criação: Edmundo França

Criação: Tiago Marchitiello, Natan Pereira, Edmundo França, Paulo César Sancer

Produtora: Vetor Filmes

Produção Executiva: Paula Moraes e Alberto Lopes

Direção: Andre Ferezini

Fotografia: Alexandre Ermel

Direção 3D: Alceu Baptistão

Equipe Animação 3D: Marcos Felix (Concept), Rafael Nascimento (Ilustração), Guto Sposito, Bruno Saber (Modelo), Vivi Adade, James do Carmo (Rigging), Marinho P. Silva, Guto Sposito, Bruno Saber, Naiara Lima (Textura/Render), Victor Dinis, Daniel Alvit (Animadores), José Eduardo Ambrósio (Finalização)

Equipe Still / Pós-produção: Vetor Zero Print

Montagem: Kauê Kabrera

Coordenação: Cristiane Santos

Finalização: Vetor Zero

Color grading: Psycho N’Look

Atendimento Filme: Vandreia Ribeiro e Giovana Grigolin

Atendimento Still: Giovani Ferreira

Produtora de Som: A Voz do Brasil

Produção Executiva: Alan Terpins e Rosana Souza

Direção Musical: Sérgio Bártolo

Produtor: Eron Guarnieri

Atendimento: Silvana Lowenthal, Marcos Lara

Mídia: Camila Bencini, Danilo Minicucci

Aprovação: Fabio Luchetti, Bruno Garfinkel, Jaime Soares, Cesar Pedro

  • compartilhe: