Lixo descartado na Baía de Guanabara é “vendido” em loja virtual

20/03/2015

guanabara

Na semana do Dia Mundial da Água, 22 de março, é lançada a campanha “Achados da Guanabara – os presentes que a Baía de Guanabara nunca quis ganhar”.

A bordo de um catamarã, uma equipe de mergulhadores do Brasil Divers, retirou o lixo jogado nas águas da Baía de Guanabara, a fim de mostrar a quantidade e a variedade de objetos descartados indevidamente. Após a coleta os objetos viraram produtos, pelas lentes do fotógrafo Rogério Faissal e serão vendidos na americanas.com e no www.enjoei.com.br, site de vendas de produtos usados.

Entre os “produtos” encontrados estão uma porta, um vaso sanitário, um computador e uma cadeira de praia. Não será possível comprar os objetos. A venda é uma forma simbólica de mostrar o quanto é gasto para a despoluição das águas. Os preços foram definidos pelo biólogo Marcelo Szpilman, de acordo com o tamanho do dano causado pelo material e variam de 13 mil a 600 mil reais.

A ação é da ONG Menos 1 Lixo e da agência Staff.

  • compartilhe: