Escreva para pesquisar

PUBLICIDADE & MARKETING

Globo diz que campanha com “Tufão” foi marketing de emboscada

Compartilhar

A Rede Globo resolveu ir ao Conar se posicionando sobre o filme criado pela VML, do Grupo Newcomm, para a Vivo. Nele, o ator Murilo Benício interpreta “Tufão”, seu personagem na novela “Avenida Brasil”. O filme foi veiculado por apenas 17 horas e foi retirado do ar a pedido da emissora, que não permite o uso de seus personagens em ações de marketing. Em comunicado oficial, a emissora afirma que “foi praticada uma das formas mais baixas de publicidade, conhecida com ‘marketing de emboscada’”.

Leia abaixo o comunicado na íntegra:

“A Globo notificou a Vivo e as agências VML e Y&R exigindo o cancelamento da campanha que se apropriou, sem sua concordância, da imagem do personagem ‘Tufão’ e do universo da novela ‘Avenida Brasil’. Consideramos que foi praticada uma das formas mais baixas de publicidade, conhecida com “marketing de emboscada”.

Além da ética, a Globo considera que essa ação é ilegal porque desrespeita deliberadamente os direitos autorais da obra e do personagem e os demais envolvidos na criação e produção da novela. O ator Murilo Benício informou que gravou com a informação que a campanha seria negociada com a emissora e quando viu no ar sem autorização também pediu que fosse tirada do ar.

A Globo considera esse episódio gravíssimo e, além das notificações e de ir ao Conar, estuda uma ação de perdas e danos causados em razão da violação de seus direitos.”

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *