FCB Brasil transforma relógios de rua em galeria de arte

19/04/2016

relogioEstranhoLongoF

relogioTIMc

relogioTIMf

relogioTIMh

Para divulgar a mostra O Estranho nos Atrai a FCB Brasil invadiu os relógios da JC Decaux nas principais ruas e avenidas de São Paulo. São mais de 100 relógios espalhados por endereços como Av. Paulista, Av. Brasil, Juscelino Kubitscheck, Av. Brigadeiro Faria Lima, 9 de Julho, e entre outros. As peças ficam no ar entre abril e maio.

Os relógios trazem dois tipos de comunicação, convidando para a mostra que acontece paralelamente à exposição “O Mundo de Tim Burton”, no Museu da Imagem e do Som (MIS), uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Uma série de relógios brincam com as “estranhezas” da cidade, com o trânsito, por exemplo: “A Rebouças sem trânsito seria estranha, mas … O Estranho nos Atrai.”. Outra série deles leva pra rua alguns dos incríveis trabalhos que estão expostos na exposição “O Mundo de Tim Burton”, expandindo o museu para o espaço público.

A mostra da FCB no MIS tem dois ambientes que apresentam cerca de 40 campanhas publicitárias “estranhas” e “normais”. Numa parede preta concentram-se as peças que usam o “estranho” para tirar o consumidor da zona de conforto. A propaganda assume sua função mais social: expõe questões delicadas por um ângulo ainda não percebido, dá foco a uma causa ou engaja pessoas em um propósito maior. E numa parede branca estarão as campanhas nas quais a “normalidade” é usada como refúgio para a vida turbulenta que levamos.

  • compartilhe: