Escreva para pesquisar

PUBLICIDADE & MARKETING

Y&R patrocina invasão criativa “Feito por Brasileiros”

Compartilhar

A invasão criativa “Feito por Brasileiros”, concebida e promovida pelo Grupo Allard, ocupará o antigo Hospital Matarazzo, de 9 de setembro a 12 de outubro. Depois de 20 anos abandonado, o espaço recebe mais de 100 artistas de várias partes do mundo, metade deles brasileiros. A agência Y&R, uma das parceiras responsáveis pela viabilização do megaprojeto cultural, patrocina a instalação de Kenny Scharf, principal nome da street art nova-iorquina. Com o objetivo de incentivar milhares de brasileiros a conhecer esse belo espaço, no coração da cidade de São Paulo, a agência também assina a campanha publicitária, em veiculação a partir desta semana.

De acordo com David Laloum, COO da Y&R, faz parte da cultura da agência investir em projetos de expressões artísticas e urbanas transformadoras. “Estamos muito orgulhosos de participar de todas as etapas dessa iniciativa incrível, que fará um endereço histórico, adormecido, renascer pela força da arte”, comenta. Entre os esforços envolvidos na parceria com o grupo francês, a agência patrocina uma obra de Kenny Scharf, conhecido pelos seus grafites e pelas instalações repletas de significados. A obra “Cosmic Cavern”, criada por Scharf para a mostra, foi trabalhada a partir de embalagens, peças de computador, restos de alegorias de samba e brinquedos velhos encontrados pelas ruas de São Paulo e pintados com tintas fluorescentes.

A agência também é responsável pela concepção da campanha publicitária, composta por filme para TV (aberta e fechada), anúncios de mídia impressa para revistas e jornais, e mobiliário urbano. Segundo Jorge Iervolino, diretor de Criação da Y&R, o primeiro contato da Criação com o projeto foi por meio das imagens geniais do fotógrafo Cristiano Mascaro. “Através daquelas imagens em preto e branco ficou claro que aquele lugar abandonado, pra muitos destruído, tinha uma energia incrível. E o gatilho pra liberar tudo isso estava sendo dado pelo próprio Alex através do projeto”, explica.

No filme, com direção de cena de Jarbas Agnelli, da AD Studios, em vez de uma intervenção digital, mais tecnológica, a agência optou por uma produção orgânica. Jarbas idealizou a transformação do local por meio de explosões de cor, em contraponto à arquitetura descolorida e monotonal. Todos os efeitos de cor foram criados de forma natural, e várias salas foram transformadas em instalações com câmeras captando os efeitos das explosões de tinta no ar. “Discutimos vários modos de ilustrar essa transformação; inicialmente o caminho óbvio era uma intervenção digital, e logo de cara surgiu o nome do Jarbas, um mestre no assunto. Mas logo vimos que o próprio local pedia algo mais real, algo que acontecesse de fato naquele espaço”, acrescenta Jorge Iervolino.

Nos anúncios para mídia impressa e peças de mobiliário urbano, as fotos de Mascaro seguiram a mesma linguagem, se renovando através de pinceladas de tinta colorida.

A criação do filme é de Jorge Iervolino, que também assina a direção de criação com Rui Branquinho, VP de Criação da agência.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *