Vitória e Leo Burnet: doações de sangue aumentam 46%

18/07/2012

Desde 30 de junho, quando o Vitória, da Bahia, passou a jogar  sem o o tradicional vermelho da sua camisa em uma ação criada pela Leo Burnett Tailor Made para o Hemoba, Hemocentro da Bahia, já houve uma aumento de 46% no número de candidatos à doação de sangue.

O fato impressiona ainda mais, porque, neste período de chuvas, o número de doações costuma cair, segundo a fundação.

Na campanha “Meu Sangue é Rubro-Negro”, o time está a entrando em campo com uma camisa alvi-negra e, a cada jogo, conforme a população for doando sangue, o vermelho vai voltando à camisa dos jogadores. A ação também conta com apoio da Penalty, que confecciona o uniforme rubro-negro, e com o apoio da Secretaria de Saúde da Bahia.

  • compartilhe: