Escreva para pesquisar

DESTAQUE

Um menino chamado Ford

Compartilhar

O local se parece com o cenário de um filme de caubóis no Velho Oeste norte-americano, com carroças, cavalos, um bar com fachada de madeira e bandeiras dos Estados Unidos balançando ao vento. No entanto, é o rancho na Tailândia onde Wuttichai “Kai” Sriwut e sua família levam a vida de seus sonhos (veja o vídeo).

Em 2003, Kai e sua mulher, Dao, que estava no terceiro mês de gravidez, iam viajar para visitar a mãe dele. Durante o percurso, Kai estava dirigindo em uma região montanhosa, quando, em uma curva acentuada, viu um grande caminhão que havia perdido o controle vindo em sua direção. O caminhão bateu em sua Ford Ranger mas, felizmente, o airbag foi acionado e ele saiu apenas com ferimentos leves.

Enquanto estava se recuperando, Kai relembrou o acidente e como teve sorte por sobreviver e presenciar o nascimento do seu primeiro filho. Decidiu, então, que se tivesse um menino, seu nome seria Ford. “Eu não teria resistido ao impacto e visto meu filho nascer se não fosse pela minha Ranger. Escolhi este nome porque queria que nascesse forte e pronto para qualquer dificuldade,” disse.

O menino Ford, agora com 15 anos, diz ter orgulho do seu nome: “Tem um grande significado para a minha família.” Quando não está estudando, o adolescente gosta de jogar futebol. Seu sonho é ser dentista para ajudar a melhorar a vida das pessoas na sua comunidade, assim como continuar a criar cavalos. “Eu cresci amando esses animais e cavalgar tornou-se uma herança de família. Quero dar continuidade à tradição que começou com meu pai.”

Tags:

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *