Escreva para pesquisar

MÍDIA

Turner, da CNN, paga R$ 80 mi por 20% do canal Esporte Interativo

Compartilhar

Um dos maiores conglomerados de mídia norte-americanos, a Turner anunciou ontem a aquisição de 20% do canal brasileiro Esporte Interativo. Pagou R$ 80 milhões, um valor considerado muito alto pelo mercado. O Esporte Interativo é um misto de emissora aberta e canal pago. Pode ser visto em operadoras como a Claro e a Oi, em canais abertos e nas parabólicas.

Mas, com exceção das parabólicas, não pega bem nem na TV paga nem na aberta. Não está nas maiores operadoras, Net e Sky. E na TV aberta sua cobertura é paupérrima, com apenas 14 canais em todo o país. Em São Paulo, chuvisca no 36 UHF, ainda em sinal analógico. Por ser também um canal aberto, a negociação pode ser vista como uma investida do capital estrangeiro na radiodifusão brasileira, mais de dez anos depois da aprovação da emenda constitucional que permite esse tipo de operação.

O Esporte Interativo conta ainda com as benesses do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Há alguns anos, o banco estatal aportou capital no canal, do qual se tornou sócio, com quase 15% de capital. A entrada da Turner na operação, no entanto, deverá fortalecer o Esporte Interativo na TV paga. Parte dos recursos deverão ser usados para transformá-lo em canal de alta definição.

O mercado de TV paga vê o negócio como uma reação da Turner ao crescimento da Fox no Brasil com o Fox Sports. A Turner não tem tradição nesse nicho. No Brasil, as estrelas de seu portfólio são o Cartoon Network, o TNT e o Warner Channel. No mundo, a CNN é sua marca mais respeitada. O mercado espera também mais investimentos do Esporte Interativo em direitos esportivos.

A Champions League é seu principal campeonato. Quando o futebol europeu sai de férias, sua programação beira a irrelevância para o público brasileiro. Como agora. Hoje, a grande atração do canal são as eliminatórias da Copa do Mundo nas Américas do Norte e Central.

Do blog do Daniel Castro, no R7

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *