TRT-2 realiza audiência entre Sindicato dos Jornalistas e Ed. Abril

08/08/2013

Na tarde desta quarta-feira (07), aconteceu, no Ed. Sede do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, uma audiência de instrução e conciliação envolvendo o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo e a Editora Abril.

Durante a audiência, a Editora Abril confirmou a demissão de 71 jornalistas, mediante o pagamento de verbas rescisórias. A empresa ainda informou que havia oferecido um pacote de benefícios aos demitidos, incluindo a ajuda para recolocação no mercado de trabalho, extensão do plano médico por até seis meses após a ruptura do contrato, e salários suplementares, de acordo com o tempo de serviço e cargo ocupado.

Segundo a empresa, o sindicato não teve acesso ao teor do pacote de benefícios e, por esse motivo, as partes concordaram em suspender a sessão para que a proposta seja levada aos trabalhadores em assembleia, que será realizada nas dependências da Editora Abril na próxima sexta-feira (09).

O próximo encontro entre as partes acontecerá na segunda-feira (12), no Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos Coletivos, no Ed. Sede do TRT-2 (rua da Consolação, 1272, São Paulo), às 15h30.

  • compartilhe: