Sky vai ‘espremer’ na grade canais que são obrigatórios

09/09/2013

Após anos brigando por um espaço na Sky, os canais Record News, MTV, RBTV, TV Aparecida, CNT e Mix TV vão entrar na grade da operadora. Mas do jeito que ela quer. A operadora tem oito dos 14 canais obrigatórios em sua grade, mas precisa carregar todos para cumprir a nova lei de TV paga. Há meses, a Sky, que alega não ter espaço em seu satélite para os canais, vem brigando na Justiça com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para não ter de cumprir essa regulamentação. O prazo para inserir os canais que faltam termina na quarta-feira (11).

A Folha apurou que, obrigada a inclui-los em todos os seus pacotes, a Sky chegou a cogitar alugar espaço em outro satélite, mas deve optar por espremer o sinal dos novos canais em seu satélite. Resumindo: onde cabe um, estarão dois canais achatados. Assim, Record News e MTV serão exibidos para todos os cinco milhões de assinantes da operadora, mas com qualidade de imagem e de som seriamente comprometidos.

Um dos problemas é que, apesar de apresentar laudos apontando falta de espaço no satélite e perda de mercado com a substituição dos canais, a Sky incluiu nos últimos meses mais seis canais HD em sua grade. Procurada, a operadora não comenta o assunto.

Da coluna Outro Canal, da Folha de S. Paulo

  • compartilhe: