Serra Pelada, da Paranoid, estreia na Globo

21/01/2014

Em uma nova montagem e edição, Serra Pelada, de Heitor Dhalia, chega à tela da TV Globo nesta terça-feira (21). Esse foi o primeiro longa-metragem produzido pela Paranoid, empresa de Dhalia e Tatiana Quintella, que agora capta recursos para o filme Rua Maria Antônia – A Incrível batalha dos Estudantes, com direção de Vera Egito.

No formato de minissérie com quatro capítulos, ‘SERRA PELADA – A Saga do Ouro’ mostrará a viagem dos amigos de infância Juliano (Juliano Cazarré) e Joaquim (Júlio Andrade) a maior mina a céu aberto dos tempos modernos. Eles saem de São Paulo para o Pará em busca do sonho do ouro.

Além da produção da Paranoid e direção de Dhalia, a minissérie tem direção de núcleo de José Alvarenga Júnior e promete atrair mesmo os espectadores que já assistiram ao filme nos cinemas, pois trará cenas inéditas e ainda mais romance. A nova montagem também trouxe outra dinâmica à narrativa, com a ampliação de algumas relações dos personagens, motivadas pelos sentimentos de ambição, desejo, poder, riqueza e paixão. A história se passa em 1980, quando os amigos chegam à Floresta Amazônica como outros milhares de homens, repletos de sonhos e ilusões. Mas a vida no garimpo muda tudo. A obsessão pela riqueza e pelo poder os destrói. Juliano se torna um gângster. Joaquim deixa seus valores para trás. Serra Pelada mostra uma história sobre a febre do ouro, sobre ganância e violência, sobre uma grande amizade e seu fim.

O elenco conta ainda com Wagner Moura (também coprodutor) no papel do antagonista violento e explosivo, Lindo Rico, e Matheus Nachtergaele como o poderoso fazendeiro local, Carvalho, além de Sophie Charlotte na pele da bela Tereza, que atrai Juliano por ser noiva de um dos homens mais importantes da região. O roteiro é de Vera Egito e Heitor Dhalia, que é também produtor ao lado de sua sócia Tatiana Quintella.

  • compartilhe: