Escreva para pesquisar

MÍDIA

Obituário: Alberto Dines, 86 anos

Compartilhar

Faleceu nesta terça-feira, 22, o fundador do Observatório da Imprensa, o jornalista Alberto Dines, aos 86 anos, em São Paulo.

“É com profunda tristeza que a equipe do Observatório da Imprensa comunica o falecimento de seu fundador, Alberto Dines (1932-2018), na manhã de hoje no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Estamos preparando uma edição especial sobre o legado do Mestre Dines a ser publicada em breve”, diz nota do instituto.

Jornalista, professor universitário, biógrafo e escritor, Dines nasceu no Rio de Janeiro, e foi responsável por uma profunda reformulação no Jornal do Brasil, que levou o jornal a se consolidar na vanguarda da imprensa nacional. No JB, criou o Departamento de Pesquisa, a Editoria de Fotografia, a Agência JB e os Cadernos de Jornalismo.

Um dos episódios que marcaram sua passagem pelo jornal foi a cobertura da deposição por golpe militar do presidente chileno Salvador Allende, em 11 de setembro de 1973. Como a censura havia proibido a publicação de qualquer manchete sobre o assunto, Dines coordenou com o diagramador Ezio Esperanza a edição de uma primeira página sem manchete.

 

Dines iniciou carreira como crítico de cinema da revista A Cena Muda e logo em seguida foi para a Visão. Também atuou na revista Manchete, quando em 1959 assumiu a direção do segundo caderno do jornal Última Hora. Ainda passou pelaFa­tos e Fotos e Tribuna da Imprensa. Em 1960, dirigiu o Diário da Noite, dos Diários Associados de Assis Chateaubriand.

Em 1975, assumiu a chefia da sucursal carioca da Folha de São Paulo, convidado por Cláudio Abramo, diretor de redação. Ainda colaborou com o semanário O Pasquim, onde reeditou a coluna Jornal dos jornais. Nesse período, escreveu a biografia do escritor Stefan Zweig. Em seguida assumiu o cargo de secre­tário editorial da editora Abril, em São Paulo.

Tags:
Artigo anterior
Próximo artigo

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *