BOLA DA VEZ



O Bola da Vez é o espaço que o Vox News reservou para, através de entrevistas, mostrar o trabalho e a opinião de profissionais que estão se destacando no meio da comunicação e daqueles de quem ainda vamos ouvir falar...

Por Amanda Corrêa


Marcella Mugnaini, sócia da UP line

27/07/2015

Marcella_Mugnaini

O Bola da Vez retoma as entrevistas trazendo Marcella Mugnaini, sócia da agência de live marketing, UP line. Eleita a Melhor Agência do Sudeste e Centro-Oeste pelo Ampro Globes Awards 2015, a agência entra em uma nova fase mudando para a Goma, uma associação que reúne mais de 20 empresas voltadas para a Economia Colaborativa.

Nesta entrevista, a publicitária fala sobre todas as mudanças que acontecem na UP line e ressalta a importância que o live marketing ganha no mercado de comunicação. E, é claro, as perspectivas para o segundo semestre levando em consideração o atual momento econômico que o país atravessa. Confira.

VOXNEWS – Explique melhor como será a participação da UP line com esse posicionamento dentro da Economia Colaborativa.

Marcella Mugnaini – A UP line enxerga a inserção de comportamentos colaborativos em 3 esferas do negócio, Gestão, Processos e Execução. Na parte de gestão, nós já temos praticado o comportamento colaborativo há mais de um ano, diminuindo as hierarquias e empoderando a equipe para tomada de decisão onde através do desenvolvimento da interdependência, nós temos lideranças circunstanciais para cada projeto e decisão a ser tomada. Nosso objetivo é fazer com que a gestão do negócio seja cada vez mais exercido por todos os atores dentro da UP line e não somente os sócios. Além disso, a estrutura do negócio consegue ser minimizada a partir do momento que trabalhamos com recursos compartilhados, tanto em infra quanto em mão de obra. Hoje estamos numa associação de empreendedores que possuem suas empresas focadas na Economia Criativa, isso faz com que a gente compartilhe espaço, infra, serviços e até conhecimento. Em processos, há 2 anos nós temos o nosso workflow desenhado em cima da estrutura do design thinking, que coloca as pessoas no centro do processo. Com isso, trazemos diversos processos criativos envolvendo toda a equipe do início ao fim. Agora, estamos trazendo para esse processo colaborativo, os clientes, o usuário final e outros stakeholders importantes para cada projeto, através de metodologias de planejamento participativo, o que faz com que as nossas entregas sejam muito mais assertivas. Acreditamos que a inteligência coletiva é muito mais produtiva e poderosa que a inteligência do indivíduo. Quando falamos em execução, estamos fazendo um exercício de trabalhar cada vez mais em rede, em parceria com outras empresas e empreendedores para aumentar a nossa capacidade produtiva, de entrega e também movimentar a economia, mais um motivo de termos vindo para a Goma onde muitas vezes o conhecimento e as soluções se encontram aqui dentro mesmo.

VOXNEWS – Dentro desse processo, qual a importância da mudança para a Goma? Como está sendo essa experiência?

Marcella Mugnaini – Como falei acima, a vinda para a Goma representou um mergulho mais a fundo na Economia Colaborativa, onde temos um espaço, infra e serviços compartilhados. Diferentemente de um coworking, por ser uma associação de empreendedores, a Goma não tem um dono, todos empreendedores cuidam tanto das responsabilidades e dos benefícios do espaço. Assembleias são chamadas para tomada de decisão e muito conhecimento é compartilhado. Algumas empresas vivem hoje de negócios promovidos dentro da própria Goma e a ideia é isso se expandir. A nossa vinda pra cá está sendo um grande laboratório de troca de hardware, onde a gente tem aprendido muito sobre comportamento colaborativo e nós estamos podendo contribuir com questões de desenvolvimento e movimentação maior de negócio para casa, por sermos uma das maiores empresas e além de sermos a única agência de comunicação aqui dentro. Está sendo muito rico e uma experiência muito de vanguarda.

VOXNEWS – O que vocês querem dizer quando afirmam “uma das equipes jovens mais seniors do mercado”? Você é uma líder bem jovem também.

Marcella Mugnaini – Não acreditamos que a senioridade está ligada necessariamente à idade das pessoas. Acreditamos imensamente na capacidade criativa, produtiva e na energia que cada um injeta no que acredita. Quando eu entrei na UP line e vi que era o que eu acreditava e que aquilo fazia parte do meu sonho de vida, dediquei todos os meus esforços de buscar conhecimento e colocar a mão na massa para ajudar a desenvolver essa empresa e ela se tornar o melhor lugar para trabalhar para a nossa equipe, o melhor parceiro para os nossos clientes e fornecedores e uma agência que fizesse a diferença no mercado. Mesmo quando eu ainda era estagiária, lidava com o negócio como se fosse meu e isso fez total diferença na minha trajetória. Com isso, aos 23 anos (quando entrei na sociedade) tive que desenvolver antecipadamente vários skills que poderiam vir com o tempo e com a idade somente porque eu queria e acreditava muito naquilo. Hoje com 27, vejo a equipe da UP formada essencialmente por pessoas que pensam o mesmo, profissionais excelentes de alta performance que variam de 23 a 35 anos. Ninguém vai entrar aqui por ter 20 anos de mercado, mas sim pelo o que ele é capaz de entregar dentro do período que estiver com a gente, tendo 20 anos de mercado ou não.

VOXNEWS – Ações de marketing de relacionamento são os destaques no mercado promocional com resultados e premiações importantes. Qual a sua opinião sobre esse assunto?

Marcella Mugnaini – Nosso mercado permite ações que aproximam muito as marcas com o seu público, promove experiências de conteúdo onde o público interage ativamente, o que potencializa as ações de relacionamento. Por isso, os resultados que estamos conseguindo obter, onde inclusive as agências de publicidade estão cada vez mais aguçando seus olhares para esse tipo de ferramenta em suas campanhas. Vide Cannes premiando agências de publicidade com cases de Promo&Activation para seus clientes.

VOXNEWS – Cite alguns trabalhos da Up line com esse perfil.

Marcella Mugnaini – Podemos citar o Boteco GloboNews, que repensou o formato de relacionamento dos canais de televisão com o seu trade, as agências de publicidade. Criamos um game online onde as agências de publicidade cumpriam tarefas diárias online e offline e iam moldando seu próprio boteco. No final da competição, quem conseguiu maior pontuação levou o boteco físico para dentro da agência exatamente como montaram no game. Essa ação, que já aconteceu por dois anos seguidos, conseguiu engajar as maiores agências do país e promoveu uma experiência de conteúdo diferenciada, onde gerou um alcance de público além da esfera física, através das redes sociais.

Outras ações de relacionamento por exemplo são as que a gente faz há três anos com o LinkedIn, onde a gente desenvolve diversos eventos e ativações de conteúdo das Soluções de Talentos da marca durante o ano para seu público B2B. Nos primeiros anos, o foco era em gerar awareness dos produtos e agora a nossa estratégia está mais voltada para a conversão e fidelização dos clientes deles. Essa parceria tem dado tanto resultado que estamos expandindo as ações para fora do Brasil, na América Latina.

VOXNEWS – Como vocês analisam as redes sociais “concorrendo” com o mercado promocional.

Marcella Mugnaini – Eu não entendo quando me perguntam sobre as redes sociais concorrendo com o mercado promocional. Elas são parte fundamental das nossas estratégias de campanhas de live marketing. Acho que só quem ainda não as considera como parte da estratégia é que se assombra com essa tal “concorrência”.

VOXNEWS – No próximo dia 28 de julho a Up line estará concorrendo ao título de melhor agência de Live Marketing pelo Ampro Globes Awards Nacional. Por que a UP line merece esse título?

Marcella Mugnaini – A UP line foi eleita a melhor agência de Live Marketing do Rio de Janeiro e da Região Sudeste e estamos levando a equipe inteira para o evento para o recebimento deste prêmio e de outros que só vamos descobrir no dia do evento. Mas, considero a UP line, hoje, uma das agências de maior potencial de entrega estratégica, criativa e operacional do mercado do RJ e estamos nos preparando para ter esse reconhecimento em esfera nacional. As nossas ações de live marketing tem potencializado muito os resultados esperados pelos clientes e isso tem nos dado um espaço importante no mercado. Na premiação em São Paulo, concorremos com as maiores agências do país, que administram verbas até maiores que as nossas muitas das vezes. Os resultados que obtivemos até aqui só afirmam o alto potencial de performance que essa equipe tem e queremos usar essa capacidade para um crescimento exponencial com as marcas em São Paulo e todo o Brasil.

VOXNEWS – Quais são as expectativas da UP line para o segundo semestre de 2015?

Marcella Mugnaini – O cenário não está favorável para a economia como um todo. Nós tivemos um crescimento de receita no primeiro semestre e planejamos continuar com esse crescimento no segundo. Mas, já estamos nos articulando internamente para aproveitar esse momento de crise e criar em cima de oportunidades. Vamos lançar um novo braço de negócio que já está atuante e divulgaremos para o mercado em breve, além de outras oportunidades de crescimento horizontal que em breve também dividiremos. Novos negócios gerados dentro do nosso próprio negócio, além de um investimento forte no crescimento da nossa filial em São Paulo é o nosso foco nesse segundo semestre. Nada melhor que a crise para nos tirar da zona de conforto e gerar inovação.

  • compartilhe: