Lupo nega preconceito em filme com Neymar

22/05/2013

A fabricante de peças íntimas e acessórios Lupo divulgou comunicado nesta quarta-feira, 22, afirmando que “em nenhum momento promoveu qualquer tipo de preconceito” no comercial “Aparecimento”, criado pela G2 e estrelado pelo jogador Neymar.

A propaganda virou alvo de polêmica nas redes sociais e na própria página da marca no Facebook, com consumidores acusando a Lupo de preconceito contra gays.

No comunicado, a Lupo afirma: “Na concepção do comercial, que está sendo veiculado no intervalo dos principais programas de televisão, o personagem alvo da polêmica não teve qualquer conotação homossexual. A graça do comercial é exatamente essa: um sujeito fortão, heterossexual, procura uma cueca sexy para usar – subentende-se – com uma mulher. E a reação de Neymar é sair de cena”,

E você, o que acha?

  • compartilhe: