Escreva para pesquisar

PUBLICIDADE & MARKETING

Inscrições até 7 de novembro para o Grand Challenges Explorations

Compartilhar

O Estadão, representante oficial do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade no Brasil, informa que as inscrições para a segunda edição do “Grand Challenges Explorations: Aid is Working. Tell the World” (em português livre: “Grandes Desafios de Exploração: A Ajuda Funciona, Diga ao Mundo”) vão até 7 de novembro. A iniciativa do Cannes Lions Festival e da Fundação Bill & Melinda Gates visa desafiar criativos ao redor do mundo a discutir e buscar soluções que ajudem a resolver um problema global e como contar essas histórias. O desafio é aberto a qualquer pessoa e as propostas devem ser encaminhadas até a data para o site www.grandchallenges.org/explorations.

As dez melhores ideias receberão US$ 100 mil cada e os finalistas serão levados para uma “universidade” especial e os projetos terão a oportunidade de receber uma bolsa adicional de até US$ 1 milhão para serem colocados em prática. As ideias, que deverão ser apresentadas em uma folha de tamanho A4 (nos dois lados), serão julgadas de forma anônima, unicamente com base em seus méritos.

Esse julgamento será de responsabilidade do Cannes Chimera, comissão de criativos premiados com o Grand Prix do Festival em edições anteriores. Esse grupo, além de avaliar e escolher as inscrições, aconselhará sobre o programa e dará suporte aos vencedores na medida em que desenvolverem seus projetos. Para saber mais sobre a Cannes Chimera, visite www.canneschimera.com ou o Facebook (https://www.facebook.com/CannesChimera).

Nesta segunda edição, o desafio traz novas categorias:

  • Celular (ideias que possam ser implementas via telecomunicação móvel): propostas de projetos que ativarão redes móveis emergentes e envolvam os usuários, por meio de tecnologias básicas de celulares e smartphones, de maneira a construir suporte nas economias ricas para os esforços de ajuda em lugares onde eles são mais necessários.
  • Dados (ideias que envolvem novas formas de comunicar dados sobre projetos de ajuda): o surgimento do “Big Data” e de serviços web proporcionou oportunidades para compreender e falar sobre como ajudar. A categoria procura propostas de projetos que produzam novas análises e perspectivas sobre dados existentes, o impacto dessas ideias e como usá-las para contar histórias convincentes sobre como esses investimentos alavancam o progresso no mundo em desenvolvimento.
  • Público jovem (ideias que envolvem públicos jovens): a categoria envolve a próxima geração de cidadãos globais em estratégias para enfrentar os desafios do desenvolvimento. Buscam-se propostas de projetos que aumentarão a conscientização de jovens para desafios globais de desenvolvimento e que podem preparar os jovens para serem defensores informados e líderes na criação de soluções para estes problemas.
  • Progresso da ajuda (ideias que mostrem o progresso da ajuda): quando investida com sabedoria, a ajuda tem feito países saírem da pobreza e acabarem com sua dependência de doadores. O foco da categoria são as propostas de projetos que mostrem o ciclo virtuoso de ajuda ao desenvolvimento, de forma micro e macro. O modo como os países beneficiários estão usando os recursos para se tornarem autossuficientes e como os que já receberam apoios podem ser, agora, fornecedores de ajuda para outras nações.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *