Escreva para pesquisar

DESTAQUE

Hospital de Amor lança curta-metragem pela WMcCann

Compartilhar

A personagem principal da nova campanha do Hospital de Amor é uma animação 3D, uma produção da WMcCann, Zombie Studio e Loud. O filme, criado para o hospital referência no tratamento e prevenção de câncer no Brasil, após a mudança do nome de Hospital do Câncer de Barretos para Hospital de Amor, representa a vida de qualquer criança ou adulto que se depara com a necessidade do tratamento de câncer.

Em quase 3 minutos, a peça procura retratar o impacto não só na vida do paciente, mas na de familiares, profissionais de saúde e amigos que lidam com ele, mostrando que, na verdade, o melhor remédio para tratar a doença é, antes de tudo, o amor.

O filme é apenas uma das peças de uma campanha ainda maior que vai trabalhar a comunicação do hospital de maneira mais ampla ao longo do ano.

À WMcCann coube todo trabalho conceitual da campanha, levando à criação do curta-metragem. A direção do filme ficou por conta da Zombie Studio, que trabalhou por 10 meses estudando a narrativa e todo o visual da animação. Já a canção “Heart Full Of Love”, foi criada especialmente para a campanha por Felipe Vassão e Rafa Kabelo, da Loud, e interpretada pela cantora norte-americana Rebecca Peters.

Ficha Técnica:

 

Agência: WMcCann
Cliente: Hospital de Amor

Nome da campanha: A Queda

CCO: Hugo Rodrigues e André Marques

Direção de criação: Eiji Kozaka e Marcelo Conde

Criação: Gustavo Cavinato, Francisco Oliveira, Eiji Kozaka, Marcelo Conde, Ian Hartz

Atendimento: Rafaela Reis, Catarina Trajano, Luís Figueira e Mariana Rissi

Projetos: Jaqueline Travaglin, Denise Kotsubo

Mídia: Horácio Rosário, Daniel Neves, Vitória Lobo e Lucas Gonçalves

RTV: Marcelo Hack, Julia Seligmann e Viviane Guedes

Produtora do filme: Zombie Studio

Diretor: Paulo Garcia

Atendimento: Victoria Scaff e Leticia Baptista

Produtora de Som: Loud

Trilha: Loud

Produção Musical e Sonoplastia: Equipe Loud

Aprovação pelo cliente: Henrique Duarte Prata, Henrique Moraes Prata, Karina Carreira, Patrícia Moura

Tags:

1 Comments

  1. Porque a música criada para o hospital do amor de Barretos foi em inglês e não em português?

    Responder

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *