BOLA DA VEZ



O Bola da Vez é o espaço que o Vox News reservou para, através de entrevistas, mostrar o trabalho e a opinião de profissionais que estão se destacando no meio da comunicação e daqueles de quem ainda vamos ouvir falar...

Por Amanda Corrêa


Fernando Russo – Diretor Geral da PERTRA

16/07/2012

A PERTRA (Personal Traveler) é uma agência de eventos e viagens de incentivo, que atua no Brasil como DMC (Destination Management Company) e com projetos internacionais. Criada há mais de seis anos por Fernando Russo – profissional com ampla experiência em viagens internacionais – realiza experiências customizadas e diferenciadas para a alta diretoria das empresas.

Fernando foi gerente de promoções e eventos da revista Playboy, na Editora Abril, onde passou a realizar eventos e promover as vendas da publicação. Em 2005 partiu para um semestre sabático. Fez uma viagem de volta ao mundo e terminou seu trajeto em Berkeley, onde realizou um curso de extensão em gestão de projetos. É o idealizador e fundador da Cool Cat Travel. Na Pertra ele ocupa o cargo de diretor geral, respondendo pela criação, desenvolvimento e supervisão de projetos.

VoxNews – Fale sobre a Pertra, quando ela surgiu no mercado e qual seu foco de atuação?
Fernando Russo – A PERTRA surgiu no mercado em 2006 com a marca Cool Cat Travel. Na época trabalhávamos com viagens de experiência cultural no Brasil para estrangeiros. A ideia de desenvolver projetos customizados com experiências diferenciadas logo foi adaptada para o mercado corporativo e viagens de incentivo. Desenhamos roteiros com experiências de viagem que reforçam os valores da marca. No segundo ano da empresa decidimos manter o foco somente no corporativo e criamos a PERTRA mais adequada ao público. Hoje somos especializados em viagens de incentivo e eventos internacionais.

VoxNews – Como vocês estão estruturados e como é a rotina na empresa?
Fernando Russo – Grande parte da receita hoje vem de projetos para a Indústria Farmacêutica, para atender melhor esse mercado que tem regras específicas, contamos com uma unidade de negócios dedicada exclusivamente a eventos médicos. Temos uma segunda unidade de negocio dedicada a eventos e incentivos ao publico corporativo de outros segmentos. Nessa atendemos com sucesso bancos, consultorias e empresas de varejo. Na primeira unidade, o grande diferencial é o atendimento aos convidados que primam pela excelência dentro das restrições e regras de conduta da indústria. Já na segunda, o foco está na criação de roteiro e execução das viagens, que devem conter experiências especiais marcantes. O objetivo é que as pessoas que participam desses eventos e incentivos internacionais se lembrem da experiência associada a marca do nosso cliente por mais de dez anos.

VoxNews – Atualmente, os projetos dos clientes da Pertra são mais voltados para o mercado internacional ou nacional?
Fernando Russo – Somos conhecidos no mercado por nossos projetos internacionais. Normalmente organizamos viagens e eventos no exterior para clientes do Brasil, e no Brasil para clientes estrangeiros. Para isso contamos com uma equipe 100% bilingue da diretoria aos estagiários.

VoxNews – O que vocês levam em conta para desenvolver um projeto para um cliente?
Fernando Russo – O principal é entender os objetivos e necessidades do cliente para desenvolvermos projetos que reforcem valores e carreguem o DNA da marca. Muitos nos procuram com reuniões estratégicas de equipe ou premiação por resultado. Nesse contexto o roteiro que montamos e a experiência que os convidados irão vivenciar no destino devem passar uma mensagem, e com a nossa contribuição ela permanece na memória dos convidados por bastante tempo.

VoxNews – Conte-nos um pouco sobre os principais cases da empresa?
Fernando Russo – Recentemente organizamos uma convenção em Buenos Aires, que marcava o inicio das operações da America Latina sob o comando do Brasil de um grande laboratório. O tema da convenção era “Juntos” e o objetivo era integrar as equipes de 14 paises da America Latina. Nesse evento além de cuidar de toda a logistica e estrutura das reuniões, nossa principal contribuição foi em facilitar a integração da equipe. Como exemplo, em uma das experiências dividimos a equipe de uma área da empresa em grupos de seis pessoas de nacionalidade diferente. Depois de um workshop de vinhos com um sommelier, eles participaram de uma atividade onde o objetivo era criar seu próprio blend combinando quatro vinhos de uvas diferentes. O blend de cada equipe foi avaliado por três sommeliers que premiaram o melhor resultado. Com essa e outras atividades potencializamos o relacionamento das equipes muito além das salas de reunião.

VoxNews – Quais as expectativas da empresa para os próximos anos, com Copa do Mundo e Olimpíadas no Brasil?
Fernando Russo – Trabalhamos nesses projetos especiais para esses grandes eventos esportivos há dois anos. A expectativa é grande, mas só vai ter sucesso empresas que desenvolverem projetos diferenciados. Em eventos como a Copa do Mundo toda a parte de serviços básicos como hospedagem e venda de ingressos fica centralizada em um agencia oficial do evento com poucos representantes.

 

  • compartilhe: