Escreva para pesquisar

DESTAQUE

Estadão e FCB Brasil lançam “Músicas de Violência”

Compartilhar

MusicasdeViolencia_

Com o objetivo de levantar o debate sobre músicas que reproduzem discursos de violência contra a mulher, a FCB Brasil e o jornal Estado de S. Paulo, com o apoio do Disque Denúncia do Rio de Janeiro, lançam a campanha “Músicas de Violência”.

Por meio do aplicativo de música Shazam – aplicativo de pesquisa e descoberta de músicas que escuta o que está sendo tocado ao redor e identifica instantaneamente músicas e letras – a campanha faz um cruzamento de dados para mapear quais são as músicas nacionais e internacionais que possuem letras sobre abuso e violência.

Quando a pessoa usar o app para identificar uma música que contenha trechos que falem ou que façam apologia à violência contra a mulher, um banner irá avisá-lo sobre isso com a frase “Esta música contém violência contra a mulher.”. E um áudio com um depoimento real de mulheres que sofreram agressão semelhante a letra da música. A ação já impactou mais de 1 milhão de usuários do aplicativo. A seleção das músicas foi feita de por uma curadoria.

Ficha Técnica:

Cliente: Estadão Digital
Título: Músicas de Violência
Produto: Estadão Digital
Agência: FCB Brasil
Chief Creative Officer: Joanna Monteiro
Diretor Executivo de Criação: Fábio Simões “Simon”
Diretor de Arte: Tiago Freitas “Gaum”
Redator: Vinicius Dalvi
Art Buyer: Tina Castro e Carol Silva
Foto: Ricardo Barcellos
Casting: Allure Agency e L’equipe Agence
Projetos: Gerson Lupatini, Reano De Vitto e Suelen Mariano
Atendimento: Mauro Silveira, Cris Pereira, Anna Santana, Juliana Peralta e Renato Coelho
Mídia: Fábio Freitas, Cristina Omura e Rebeca Aguiar
RTV: Charles Nobili, Pedro Lazzuri, Ricardo Magozo, Natasha Zaminiani e Mariana Carneiro
Curadoria de Músicas: Débora Cassolatto
Produtora de imagem: BossaNovaFilms
Direção: Georgia Guerra-Peixe e Juliana Borges
Atendimento produtora de imagem: Kiska Kaysel e Renata Prado
Animação: Rodrigo Resende
Montagem: Dudu Doria

Tags:

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *