DPZ Rio se reestrutura e demite 15

27/05/2014

Em meio às mudanças na gestão da DPZ anunciadas em São Paulo, a DPZ cortou, sem alardes, pelo menos 15 pessoas da sua folha no Rio de Janeiro, entre eles funcionários com mais de 20 anos de casa. Um dos nomes cortados é o do redator Fred Coutinho, que já havia deixado a casa em 2006, mas estava de volta desde 2009. Ronaldo Rangel, que responde como diretor-geral da DPZ Rio, também estaria entre os que devem deixar a casa.

Contatada, a DPZ Rio informou que o executivo está de férias, fora do país. As informações são de que até a secretária, Regina Burgun, que atendeu o ex-diretor-geral Edeson Coelho (que se desligou da DPZ Rio em 2001) e atendia Rangel, foi demitida. O executivo, além de estar no comando da DPZ Rio, também preside a ABP (Associação Brasileira de Propaganda).

De acordo com a empresa, as demissões fazem parte de uma reestruturação que inclui cortes, substituições de perfis e contratações. Questionada sobre a permanência de Rangel, a DPZ afirmou que não comentaria sobre os executivos cortados individualmente. “Os executivos são passíveis de terem sua viabilidade avaliada constantemente. Hoje posso dizer que o Rangel faz parte da DPZ, mas não posso dizer sobre o amanhã”, afirmou Tonico Pereira, diretor-geral da DPZ. Atualmente, o escritório carioca está com cerca de 30 pessoas.

Com a redução, o escritório da agência passará por uma mudança física. A equipe, que ficava alocada numa cobertura na rua Visconde de Pirajá, em Ipanema, será transferida para uma área menor dentro do mesmo prédio. Pereira afirma que a mudança passa uma mensagem “mais racional” para os clientes. “Sem abrir mão do lugar onde a agência está, nos adequamos ao tamanho que temos já há três anos. Estamos trocando os perfis desde 2011”, afirma Pereira.

A mudança da DPZ Rio acontece no mesmo momento em que a DPZ revê seu comando geral. Depois de vender 100% de suas ações para o Publicis Groupe, no final do ano passado, os ex-sócios José Zaragoza, Roberto Dualibi e Flávio Conti deixaram a companhia, que agora está sob o comando de Pereira. O executivo respondia como COO (chief operating officer) da agência e hoje está na direção-geral da companhia.

Atualmente, a DPZ Rio atende parte da conta de Coca-Cola, a construtora PDG e o governo do Estado do Rio de Janeiro.

Matéria do PropMark.

  • compartilhe: