Diretor da Paranoid cria para peça de teatro

05/09/2012

O quadrinista Rafael Grampá, também diretor de cena da produtora Paranoid, assina a concepção visual dos personagens da peça “O Livro de Itens do Paciente Estevão”, de Felipe Hirsch, que estreia na sexta-feira, 7, em São Paulo, no Sesc Belenzinho.

Segundo Grampá, o convite veio do próprio Hirsch somente três semanas antes da estreia no Rio de Janeiro. “A proposta era que eu lesse o texto e criasse os 20 personagens livremente, sem interferência de referências ou mesmo da imagem dos atores. Os figurinos, penteados e maquiagens seriam baseados nos desenhos, assim como serviriam de referência para os atores”, detalha.

O espetáculo – uma adaptação do livro “O Paciente Estevão”, de Sam Lipsyte – traz a saga de um homem diagnosticado com uma misteriosa doença letal. A produção é da Sutil Companhia de Teatro.

  • compartilhe: