Conar: o que é gosto pessoal e o que é antiético e ofensivo

08/08/2017

 

Criada pela AlmapBBDO, a nova campanha do CONAR (Conselho Nacional de Autoregulamentação Publicitária) mostra para a população que existe um órgão com autoridade para regulamentar os conteúdos que circulam na propaganda brasileira, com legitimidade e competência para diferenciar o que é gosto pessoal do que é antiético e ofensivo.

A campanha veicula em rede nacional e traz dois filmes  – “Café da manhã” e “Moda” – que ilustram, em linguagem divertida e por meio de rápidos exemplos, o que separa um conteúdo ofensivo e ilegal daquilo que desagrada o público por não corresponder as suas preferências pessoais e expectativas. Além dos comerciais, a campanha conta com anúncios impressos e spot para rádio.

 

Ficha Técnica:

Anunciante: CONAR

Título: “Opções” (filmes “Moda” e “Café da Manhã”)

Produto: Institucional

Duração: 30”

Diretor Geral de Criação: Luiz Sanches

Diretor Executivo de Criação: Bruno Prosperi

Diretor de Criação: Andre Gola e Pernil

Criação: Pedro Corbett, Keka Morelle, Heitor Buchalla

Produtora: Cine Cinematografica

Produção: Equipe Cine

Direção: Ivan Abujamra

Produção executiva: Raul Doria

Atendimento produtora: Maria Marta / Gabriel Toretto

Dir. fotografia: Ivan Abujamra

Dir. arte: Miwa Shimosakai

Montagem: João Branco/ Ivan Abujamra

Finalização: Cine X

Produtora de Áudio: Raw Áudio

Produtor: Equipe Raw Áudio

Atendimento: Juliana Martellotta e Adriana Monteiro

Locutor: Edu Muniz

RTVC: Vera Jacinto, Diego Villas Bôas, Daniella Manunta

Atendimento: Filipe Bartholomeu, Felipe Elias Oliveira, Aline Macedo e Henrique Espindola

Planejamento: Cintia Gonçalves e Eduardo Nasi

Mídia: Fábio Urbanas, Felipe Proença, Yatan Cenciales, Ellen Braz e Patrick Ferreira

Aprovação: Gilberto Leifert e Edney Narchi

  • compartilhe: