Conar abre processo contra a Samarco

19/02/2016

samarco-comercial

samarco2

O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) abriu ontem, 18, um processo para contra avaliar as denúncias de consumidores em relação ao filme “Fazer o que Deve ser Feito”, criado pela Tom Comunicação para a Samarco. Cerca de 50 reclamações questionam a veracidade das informações do comercial que está sendo veiculado na TV que tenta reduzir os danos à imagem da empresa após o desastre ambiental em Mariana (MG).

Anunciante e agência serão notificados nos próximos dias e o julgamento deve ocorrer em meados de março.

  • compartilhe: