Escreva para pesquisar

DESTAQUE

Como é estar na pele de um refugiado e viver em um campo em condições precárias?

Compartilhar

Como é estar na pele de um refugiado e viver em um campo em condições precárias? A partir deste conceito, a NBS criou uma campanha para divulgar a “Exposição Campo de Refugiados no Coração da Cidade”, lançada pelos Médicos Sem Fronteiras e que vai de 6 a 15 de setembro no parque Ibirapuera, em São Paulo.

Criada por Alexandre Giampaoli e Tales Lima, a campanha intitulada “Você na pele de um refugiado” é formada por anúncios de mídia impressa, spots de rádio e estratégia online no Facebook. O objetivo da ação é convidar as pessoas a visitarem a exposição onde poderão vivenciar, por 30 minutos, o dia a dia de um refugiado num campo em região de conflito, reproduzido no tamanho e em condições originais dos atendidos pelos Médicos Sem Fronteiras.

Além dos anúncios, a ação no Facebook “Troque de vida por meia hora” vai convidar os usuários a trocar suas fotos de perfil por 30 minutos pela de um refugiado. Os usuários que trocarem impactarão toda sua lista de amigos, que será estimulada a fazer o mesmo, e assim por diante.

Todos os envolvidos na ação trabalharam de forma voluntária. As fotos são de Felipe Hellmeister e a direção de criação de Carlos André Eyer, Cássio Faraco e André Lima. A “Exposição Campo de Refugiados no Coração da Cidade” acontece no parque do Ibirapuera, entrada pelo portão 3.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *