Chefe do Google no Brasil é preso por desobedecer juiz

27/09/2012

O diretor-geral do Google no Brasil, Fabio José Silva Coelho, foi preso ontem em São Paulo pela Polícia Federal por descumprimento de uma ordem da Justiça Eleitoral em Mato Grosso do Sul. O mandado foi expedido porque o YouTube, site de vídeos do Google, não acatou decisões judiciais que determinavam a exclusão de vídeos com ataques ao candidato do PP a prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal. A ordem de prisão foi dada semana passada pelo juiz eleitoral Flávio Saad Peron. O Google recorreu, mas a decisão foi mantida.

Ontem à tarde o próprio Peron expediu alvará de soltura por considerar que o crime cometido é de “menor potencial ofensivo”. O executivo foi ouvido durante a tarde na Superintendência da Polícia Federal em São Paulo e foi liberado à noite após se comprometer a comparecer à Justiça sempre quando intimado.

O Google não quis se pronunciar. No início da semana, quando anunciou que recorreria da decisão para a retirada dos vídeos, a empresa disse que, “em sendo uma plataforma, o Google não é responsável pelo conteúdo postado em seu site”. A detenção ganhou repercussão internacional em sites como o da TV britânica “BBC” e dos jornais norte-americanos “Wall Street Journal” e “Washington Post”.

Da Folha de S. Paulo

  • compartilhe: