Cervejas belgas viram Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

06/12/2016

A Unesco declarou a cultura cervejeira belga como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, na última semana. A Bélgica iniciou o processo de produção de cervejas com os monges na Idade Média e os cervejeiros belgas são pioneiros em explorar a diversidade de ingredientes na bebida, como coentro, trigo e milho. O reconhecimento mostra que a cerveja vai muito além da chamada Lei da Pureza. A Bélgica produz cerca de 1.500 rótulos de cervejas, muitas delas premiadíssimas. Entre as mais famosas estão Stella Artois, Hoegaarden e Leffe.

  • compartilhe: