BOLA DA VEZ



O Bola da Vez é o espaço que o Vox News reservou para, através de entrevistas, mostrar o trabalho e a opinião de profissionais que estão se destacando no meio da comunicação e daqueles de quem ainda vamos ouvir falar...

Por Amanda Corrêa


Rudimila Borges – CEO do Grupo Coruja

18/07/2017

 

O Grupo Coruja, criado por Rudimila Borges, assinou com o consórcio que opera o Bus Rapid Transit (BRT), no Rio de Janeiro, o direito de exclusividade para o envelopamento dos 440 ônibus. São 129 estações em três linhas – Transoeste, Transcarioca e Transolímpica – , transportando mais de 11 milhões de passageiros por mês atendendo mais de 60% da população carioca. A nova opção de mídia já está diponível para agências e anunciantes.

 

Lançado como uma editora que fazia revistas para empresas e condomínios, o grupo achou uma oportunidade no segmento de OOH e hoje está São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Brasília, Salvador, Manaus e Fortaleza.

 

Na entrevista, Rudimila Borges também conta que o Grupo Coruja será a única empresa 100% nacional desse segmento filiada ao IVC. “O IVC chancela a nossa entrega”, afirma.

 

Voxnews – Como surgiu o Grupo Coruja?

Rudimila Borges – Em 2008 uma empresa me procurou porque queria fazer uma revista customizada para poder se aproximar dos seus clientes e conhecê-los um pouco mais. Eu trabalhava em banco, sou formada em Economia, e comecei a observar que a maioria das empresas não conheciam seus clientes como deveria. Apesar da minha formação ser em números, sempre vendi. Chamei a minha irmã para montarmos uma editora que, à princípio, faria apenas revistas para empresas e condomínios. Buscamos no mercado uma jornalista experiente com quase 30 anos de profissão, que conduziu o trabalho editorial. Ela não só está conosco até hoje como se tornou minha sócia.

E as revistas foram um sucesso. Os clientes queriam e pediam mais opções de mídia. Como a maioria dos clientes eram regionais, de pequeno e médio porte, eles nos pediram busdoor. Fui procurar conhecer este mercado de mídia exterior e descobri um mundo de oportunidades. As pessoas estão na rua. A rua é rota de consumo.

De lá pra cá, os serviços foram crescendo para atender as demandas dos nossos clientes. Aqui na empresa são eles que mandam. Nosso portifólio foi aumentando naturalmente para outros estados como São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Brasília, Salvador, Manaus e Fortaleza.

Nas Olimpíadas, o sistema de transporte no Rio mudou. Começaram a ter ônibus articulados e bi articulados andando em vias exclusivas. Fiquei doida. Meus clientes me perguntavam: E o BRT? Quando vamos poder anunciar nesta vitrine ambulante? Mais uma vez fomos atrás e agora somos exclusivos na venda do envelopamento do BRT do Rio de Janeiro. Mais uma conquista.

 

VoxNews – Qual o impacto que essa exploração de mídia no BRT carioca vai ter no grupo? Já há uma expectativa de crescimento para 2017?

 

Rudimila Borges – Acredito que vamos pelo menos dobrar de tamanho. O crescimento será quantitativo e qualitativo. Somos o único veículo que temos permissão para isso. Será mais uma opção de mídia para os anunciantes e agências de publicidade que querem e precisam oferecer novas opções de mídia para seus clientes.

O mercado já disse sim a essa nova mídia. Em breve já teremos grandes marcas circulando pelos corredores da Transoeste, Transcarioca e Transolímpica.

Além disso, novos profissionais já fazem parte da nossa equipe. Uma equipe totalmente dedicada a esse billboard, que levará produtos/serviços para os quatro cantos da cidade.

 

VoxNews – O que vocês identificaram como oportunidade em estar no BRT?

 

Rudimila Borges – O BRT trouxe uma nova forma de locomoção para a capital carioca. Essa mudança facilitou a vida de muitos e gerou mais mobilidade urbana à cidade. O transporte articulado corta bairros inteiros e atende mais 60% da população. Oferecemos o novo, o rápido e o moderno, uma vitrine enorme em movimento. O Grupo Coruja mostrará uma nova forma de se comunicar.

 

VoxNews – O que clientes e agências ganharão com essa nova opção de mídia?

 

Rudimila Borges – Todos saem ganhando. As agências terão uma nova mídia para oferecer aos seus clientes: impactante, abrangente e com comunicação direta com o consumidor. E, por sua vez, o cliente vai estar mais perto do seu consumidor em potencial, cortando a cidade, ao alcance do olhar de milhões de pessoas.

 

Voxnews – Quais as oportunidades e desafios para a área de mídia OOH que você identifica no Brasil?

 

Rudimila Borges – Temos observado que as agências de publicidade precisam oferecer opções diferentes aos seus clientes e precisam de rentabilidade. As verbas caem a cada ano e os clientes querem cada vez mais uma maior entrega. Não tenho dúvida que o envelopamento do BRT vai ser uma opção inovadora, barata e de grande impacto para o cliente final.

 

VoxNews – Você também faz parte da nova diretoria da ABP. Na sua área, quais os principais desafios da entidade, a mais antiga do país na área de propaganda?

 

Rudimila Borges – Uma grande honra e também um grande desafio. Estou em consonância com o presidente Dudu Lopes. Comungo com a necessidade de trabalhar para que ABP volte a ser uma entidade formadora de opinião, atuante e importante para os profissionais. Precisamos reinventar a associação.

 

VoxNews – O Grupo Coruja é a primeira empresa 100% nacional desse segmento em processo de filiação ao IVC. Qual o principal objetivo com essa iniciativa?

 

Rudimila Borges – Estar certificado pelo IVC é dizer ao mercado que entregamos o que foi comprado. É um carimbo de qualidade de um instituto respeitado em todo território nacional. O IVC chancela a nossa entrega.

O nosso comprometimento com as agências e os clientes é explícito. Utilizamos a ferramenta OnMaps (Geofusion), que mapeia cada metro quadrado do itinerário do ônibus ou BRT. Assim é possível criar roteiros estratégicos que atendam à necessidade do cliente. Buscamos a eficiência sempre. E a tecnologia empregada se soma aos valores da empresa.

  • compartilhe: