Campanha mostra o lado saudável da rivalidade no futebol

17/10/2013

Campanha independente criada por Santiago Dulce, diretor de criação da JWT, mostra o lado saudável da rivalidade no futebol. Inspirada nos times Boca Junior e River Plate de Sergipe (isto mesmo, Sergipe!), “El otro superclassico” é uma homenagem aos clássicos do esporte e um apelo a não violência.

A ideia surgiu após o argentino Dulce saber que no Nordeste, mais especificamente em Sergipe, havia não só um time homônimo do Boca Juniors da Argentina (na verdade, não tão homônimo assim, já que em Sergipe é Boca Junior, sem o “s”), como também, surpreendentemente, um outro com o nome do seu grande rival, o River Plate. Curioso, ele não teve dúvidas: foi conhecer a história de perto.

Admirado sobre como foram formadas as equipes, a paixão dos fundadores pelo futebol argentino e como os times convivem pacificamente, Dulce fez uma parceria com a produtora Casulo, documentou tudo em vídeo e criou o site “El otro superclassico”. Ao registro ele adicionou a ideia de resgatar o princípio dos clássicos do futebol, o que por si só exige dois times de destaque, com torcidas pra lá de apaixonadas. Mais do que isto, todo o trabalho foi desenvolvido em torno da ideia da não violência nos estádios, mostrando que um clássico requer um grande rival. Assim, não há Corinthians sem Palmeiras, Flamengo sem Fluminense, Inter sem Grêmio, Galo sem Cruzeiro e Boca Juniors sem River, nem na Argentina nem em Sergipe.

Todo o trabalho ganhou força e apoio do CCO (Chief Creative Officer) da JWT, Ricardo John. “Estimulamos e apoiamos os nossos criativos, mesmo quando têm ideias fora do contexto de uma campanha para clientes específicos”, afirma John, acrescentando: “Se é uma boa ideia, ela precisa ser incentivada e realizada”. “Mais do que documentar o fato curioso de haver duas equipes em Sergipe com os nomes dos principais times argentinos, eu quis usar o conceito de Yin/Yang dentro de um contexto de paz nos estádios e fora deles”, salienta Dulce. Para quem quiser comparar, basta ver o vídeo.

  • compartilhe: