BOLA DA VEZ



O Bola da Vez é o espaço que o Vox News reservou para, através de entrevistas, mostrar o trabalho e a opinião de profissionais que estão se destacando no meio da comunicação e daqueles de quem ainda vamos ouvir falar...

Por Amanda Corrêa


Caboré 2014: Cleber Paradela, da Agência TUDO – Profissional de Planejamento

31/10/2014

Em mais um bate-papo com os indicados ao Caboré 104, o VoxNews traz agora Cleber Paradela, sócio e diretor de planejamento da Agência TUDO. O executivo concorre como Profissional de Planejamento.

VoxNews – Faça um breve resumo da sua carreira.

Cleber Paradela – Eu nunca fui uma criança muito óbvia. Sempre fazia alguma coisa diferente dos amigos. Antes dos 10 anos, ganhava tábuas, martelo, serrote e ferramentas de presente para construir meus próprios brinquedos. E passava horas por dia fazendo isso. Nessa época também descobri paixão por eletrônica, e desmontava tudo o que tinha em casa (mas nem sempre conseguia montar de volta!). Aos 10 tive um livrinho de poesias publicado pelo colégio, aos 12 aprendi a programar, aos 13 fazia edição de filmes (em uma ilha improvisada que montei em casa), stop motion, animação etc, e aos 14 abri uma startup de desenvolvimento de websites, em sociedade com dois colegas da escola. Meus pais sempre incentivaram muito a viver em um ambiente de desenvolvimento criativo. Nesse período, um professor de redação, na sétima série, me estimulou a estudar publicidade e propaganda. Por gostar muito de tecnologia, e a internet estava chegando ao Brasil, comecei a participar com 16 anos de diversas startups e empresas de tecnologia como Microsiga (atual Totvs), TecAll e e-Meio. Direcionei minha carreira pro universo da tecnologia, até ser contratado pela Karambola (extinta empresa promocional da Morya Bahia), onde criei, em 2004, a primeira ativação de redes sociais para marca que se tem notícia, para o Festival de Verão Salvador. O Orkut tinha sido lançado semanas antes. O case acabou se transformando em um convite para me mudar para São Paulo, para participar da estruturação da primeira startup do Grupo ABC – a Agência TUDO. Foi a grande virada da minha vida. Iniciei a carreira na criação da TUDO, como redator. Depois fui promovido a diretor de criação e acabei acumulando a diretoria de planejamento. Acabei descobrindo uma paixão em planejar, e em 2011 deixei a área de criação para cuidar exclusivamente desse departamento. Esse processo de transição fez com que a TUDO tenha hoje uma integração muito bem azeitada entre os dois departamentos, fazendo com que os cases tenham muita criatividade, mas com estratégia.

VoxNews – O que te encanta na profissão?

Cleber Paradela – Eu não sou aquele típico publicitário que ganha dinheiro com publicidade mas sonha em largar tudo pra montar uma banda, pintar quadros ou fazer projetos experimentais. Primeiro porque não tenho esses talentos artísticos, segundo porque sempre me diverti com o que faço e terceiro que sempre consegui conciliar a vida profissional com a pessoal. O que mais me encanta na profissão é a mutação. A comunicação está se reinventando todas as semanas. Trabalhar em uma agência que não tem formato pré-estabelecido, me obriga a participar dessa reinvenção todos os dias. Nunca gostei da rotina – e trabalhar com comunicação me permite ser um novo profissional a cada mês.

VoxNews – O que ou quem te inspirou o longo da sua carreira?

Cleber Paradela – Sempre tive a sorte de trabalhar com líderes fantásticos. Ouço muitos amigos e colegas reclamando de ex-chefes ou atuais, e não consigo ser útil em dar conselhos, pois na verdade (e ainda bem!) nunca tive essa experiência. Sempre troquei de emprego por enxergar desafios maiores, mas cada líder me ensinou uma lição importante. Não queria citar nomes para não passar o constrangimento de esquecer de algum, mas não poderia deixar de citar Maurício Magalhães, presidente da TUDO e um dos profissionais e pessoas mais incríveis que conheci, e Marcelo Frazão (atualmente na área de arenas da Odebrecht), que foi o responsável pelo convite a vir pra São Paulo. Ambos me ensinaram muito sobre a vida, sobre São Paulo e a fazer o que sei fazer hoje.

VoxNews – Por que votar em você no Caboré?

Cleber Paradela – É um tanto quanto estranho pedir voto pra si mesmo. A Cintia (Almap) e a Renata (Lew’Lara) representam duas agências que admiro desde os tempos de universitário e merecem tanto quanto eu esse prêmio. Mas já que o trabalho de planejamento é encontrar um diferencial para posicionar o produto, vou fazer o mesmo comigo ;). Em 35 anos o Caboré indicou 19 profissionais de agências tradicionais e 1 de digital. Sou o primeiro representante do Live Marketing e da comunicação integrada. Além disso sou o mais jovem (33 anos) indicado na história desta categoria. Não que idade seja importante, mas tenho orgulho de representar uma nova geração de profissionais que de certa forma estão conseguindo um lugar ao sol, mesmo com um mercado tão bem estabelecido.

  • compartilhe: