Escreva para pesquisar

BOLA DA VEZ

Caboré 2014: Álvaro Rodrigues, da DM9Rio – Profissional de Criação

Compartilhar

Essa é a segunda vez que ele é indicado. Na mesma categoria – Profissional de Criação do Prêmio Caboré. Hoje o VoxNews conversa com Álvaro Rodrigues, sócio e VP de Criação da DM9Rio. Confira.

VoxNews – Faça um breve resumo da sua carreira.

Álvaro Rodrigues – Tenho quase 20 anos de profissão. Sou formado em comunicação e com MBA em marketing. Acabei de voltar da Berlin School of Creative Leadership e em breve embarco para NY estudar na Hyper Island. Faço a Academia de Líderes na DM9. Gostei de voltar a estudar. O desafio é a organização do tempo para continuar investindo no aperfeiçoamento da carreira, coisa que não abro mão.

Sou redator. Estou VP de Criação. Trabalhei em agências como a Giovanni FCB, Ogilvy, Doctor, V&S e Agência3, onde me tornei depois de alguns anos, sócio-presidente. Agências locais e multinacionais. Agências pequenas, medias, grandes e gigantes.

Tenho o orgulho e o privilégio de ter construído uma carreira sólida, premiada e de muitos resultados a partir do Rio, cidade reconhecida como a capital da economia criativa do país.

VoxNews – O que te encanta na profissão?

Álvaro Rodrigues – Influenciar pessoas. Esse é o nosso negócio. Influenciar pessoas com o poder das ideias, que são potencializadas através da criatividade.

VoxNews – O que ou quem te inspirou ao longo da sua carreira?

Álvaro Rodrigues – Nizan Guanaes, Washington Olivetto, Marcello Serpa, Fabio Fernandes, Alexandre Gama são alguns dos nomes que inspiraram não só a mim, mas toda a minha geração. Gigantes que fizeram e continuam fazendo história na indústria. É uma honra – sem demagogia ou puxa-saquismos – poder trabalhar hoje ao lado de um deles, o Nizan.

O que me inspira? Trabalho bom. Trabalho bom, feito por pessoas e agências que admiro, me inspiram, fazem o nosso “sarrafo subir”.

VoxNews – Por que votar em você no Caboré?

Álvaro Rodrigues – Talvez o maior motivo para que eu mereça o seu voto seja pela crença. A crença de que ideia não tem CEP, não tem um endereço fixo. Tem é talento, paixão incondicional pelo trabalho e uma vontade incansável de querer fazer. A crença de que é possível fazer um trabalho inovador, criativo e de resultados verdadeiros, esteja você onde estiver.

Veja o mercado americano de publicidade, por exemplo. Você pode escolher uma agência para trabalhar (ou entregar a sua conta) em Nova Iorque, Boulder, São Francisco, Chicago, só para citar alguns pólos de criatividade e excelência na entrega.

Recentemente, nós veiculamos um anúncio da DM9Rio que tinha como título “Uma DM9 que poderia estar em qualquer lugar do mundo. E por isso está no Rio.” Esse título materializa o discurso. Os trabalhos, as contas e os prêmios materializam a minha crença. Nesses 2 anos e 10 meses de operação, já passaram pela DM9Rio, profissionais de todo o Brasil e até de outros países. Novas culturas. Novos trabalhos de classe mundial. Sem sotaque carioca. Com sotaque do mundo. Se você também tem essa crença, vote em mim.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *