Billboard e o poder da número 1

17/03/2015

BEAT IT

Uma nova campanha publicitária criada para a Billboard Brasil reforça o poder que exerce a número 1. Com o conceito: “A número 1 fica para sempre”, as peças contam, através da história, a diferença e a influência que a revista tem quando uma música alcança o topo de suas paradas de sucesso. Todo o trabalho é assinado pela Ogilvy Brasil.

Uma das peças da campanha fala sobre o dia 7 de junho de 1969, quando a canção “Get Back”, dos The Beatles, alcançou o topo da Billboard. Depois deste feito, a musica passou a ser reproduzida por inúmeros artistas. Al Green (1969), Elvis Presley (1970), Elton John (1971), entre outras dezenas de artistas renomados, que mantiveram a canção viva até os dias de hoje. Leny Kravitz, por exemplo, tocou e cantou “Get Back” no programa de David Letterman em 2014. Nesta mesma lista de 07 de junho de 1969, o Grupo Mercy ficou em segundo lugar com a canção “Love”. Quantos covers? Somente um.

Situação similar aconteceu quando “Beat It” (07 de maio de 1983), de Michael Jackson, e “Oh, Pretty Woman” (26 de setembro de 1964), de Roy Orbison, figuraram na primeira posição do ranking da Billboard. Ambas foram regravadas diversas vezes por muitos artistas famosos. A canções número 2 destas lista praticamente não foram reinterpretadas.

FICHA TÉCNICA:

Agência: Ogilvy Brasil

Título 1: Get Back lasts forever

Título 2: Pretty Woman lasts forever

Título 3: Beat it lasts forever

Produto: Billboard Brazil Magazine

Cliente: Bpp Publicações E Participações

Vice-presidente nacional de criação: Aricio Fortes

Diretor de criação executivo: Paco Conde

Diretor de criação: Paco Conde

Diretor de arte: Guy Bricio

Redator: Gabriel Lepesteur

Atendimento: Juliana Fernandes

Media: Betânia Aragão

Aprovação: Antonio Camarotti

  • compartilhe: