Atores de “Máscaras” divulgam carta em defesa da novela e do autor

02/07/2012

“Inconformados” com o tratamento dado pela mídia à novela, 28 atores do elenco de “Máscaras”, incluindo os protagonistas Paloma Duarte e Fernando Pavão, assinam uma “carta de amor” em defesa do próprio trabalho e do autor, Lauro Cesar Muniz. Leia abaixo:

“Inconformados com o tratamento dado ao nosso trabalho, em vários tipos de mídia, nos manifestamos e queremos alertar para algo que não está sendo percebido.

No começo os críticos reclamavam que a novela era difícil, feia até. Acatamos, Lauro abriu mais a trama, lutamos, perdemos um diretor, ganhamos outro, uma NOVA novela está no ar. Isso, estranhamente, quase ninguém comenta.

1 – É do conhecimento de todos que uma novela que vai ao ar após às 23h30m , não tem a mesma audiência de uma outra que vai ao ar às 21h. No entanto, a veiculação sobre o índice de audiência de “Máscaras”, não vem com esta informação.

2 – Nós não aceitamos a avaliação de nosso trabalho apenas através do índice/Ibope, o que significaria colocar o trabalho dos atores no mesmo patamar de componentes de um reality show. O Ibope é um índice de mercado, comercial, compreendemos isso, mas nosso trabalho é artístico.

3 – “Máscaras” inova e transgride, mas isto não está sendo percebido pela maioria. O que não estão vendo em nossa novela, é que ela quebra com os clichês das novelas convencionais: quando apresenta um galã dúbio, que tanto pode ser bom ou mau caráter, sem heroísmo romântico; vilões que se apaixonam, cujas ações são misturadas com humor e atitudes paradoxais, sem maniqueísmos; um casal que tem um filho imaginário, uma metáfora, algo inexistente em novelas; personagens com tesão explicita e realizada, fugindo aos padrões antigos de comportamento; um retrato político do capitalismo selvagem internacional, ao mostrar uma organização com interesses em propriedades de outra nação, como acontece com o petróleo do Oriente Médio, ou a loucura dos investidores da bolsa americana, em sua ambição desenfreada, levando o mundo a uma crise imensa. Não é justo que essa inovação, essa ousadia, não fique registrada, seja tratada tão prosaicamente, baseada tão sómente no valor Ibope.

4 – Não estamos incomodados por qualquer crítica desfavorável, respeitamos o gosto de cada um. Afinal, o que seria da música “brega”, se todos gostassem de Mozart? O que seria de Van Gogh que só vendeu após a morte? O que nos dói é saber que esta que será a última novela de Lauro Cesar Muniz tem sido tratada de forma tão equivocada por alguns veículos da mídia, sem o cuidado de prestar atenção ao texto deste grande dramaturgo, cuja obra plenos de amor e garra representamos. Além disto trata-se do nosso ofício e do nosso mercado de trabalho.

5 – Temos encontrado uma reação calorosa nas ruas e, sabemos, isto não acontece com um trabalho sem audiência. A TV de hoje tem tantos canais, tanta programação, que não se pode cobrar das pessoas que acompanhem tudo e, talvez por isso, não tenham percebido o que estamos alertando agora. Mas, tendo feito já as mudanças que grande parte da mídia tanto criticou e talvez estivessem certos em alguns aspectos, seria honroso que no mínimo comentassem de forma mais respeitosa, e opinassem inclusive sobre a “nova novela” quem vem sendo exibida, chama-se “Máscaras” e é boa pra caramba.

1.Barbara Bruno; 2.Bemvindo Sequeira; 3.Carlos Bonow; 4.Domingos Antonio; 5.Eliete Cigarini; 6.Fernando Pavão; 7.Flavia Monteiro; 8.Giusepe Oristânio; 9.Heitor Martinez; 10.Iris Bruzzi; 11.Jean Fercondini; 12.Jonas Bloch; 13.Jorge Pontual; 14.Livia Rossy; 15.Luiza Curvo; 16. Marcelo Escorel; 17.Marcio Killing; 18.Nicola Siri; 19.Nina de Pádua; 20. Paloma Duarte; 21. Pâmella Vidal; 22.Petronio Gontijo; 23.Raul Gazolla; 24. Renato Livera; 25.Robert Bomtempo; 26.Sabrina Costa; 27.Tatsu Carvalho; 28.Theo Fox.”

Com informações do UOL

  • compartilhe: