As Marcas Mais Valiosas do Mundo em 2013

21/05/2013

A Apple, valendo $ 185 bilhões, continua sendo a nº 1 no BrandZ™ 100 Marcas Mais Valiosas do Mundo 2013, no qual o setor de tecnologia dominou os primeiros lugares. A Apple cresceu apenas +1% no ano passado comparado com um crescimento de 51% do seu concorrente mais próximo, a Samsung, que agora é nº 30 no ranking mundial, com um valor de marca de $ 21 bilhões.

Google também é um sério concorrente para o primeiro lugar, revertendo o declínio do ano passado com crescimento de +5% no valor da marca este ano. A marca está em 2º lugar no ranking, com um valor de $ 114 bilhões. A IBM é nº 3 no ranking, com um valor de marca de $ 112 bilhões.

As marcas brasileiras, que já fizeram parte das 100 Marcas Mais Valiosas do Mundo em anos anteriores, em 2013 não aparecem no ranking. Bradesco e Itaú estão fora desde 2011 e a Petrobras deixou o ranking neste ano. Em 2012 a Petrobras era a 75ª marca no ranking global e a marca brasileira mais valiosa entre as 100 Marcas Mais Valiosas da América Latina. Neste ano a BrandZ e Millward Brown antecipam o anúncio das 10 marcas mais valiosas da América Latina no qual a cerveja Corona é a marca mais valiosa e Petrobras deixa de ser a primeira colocada para a 4ª posição. A Skol, que no ranking brasileiro divulgado recentemente aparece como a marca mais valiosa, está em 3° lugar na América Latina. Bradesco, Claro e Itaú também figuram entre as 10 marcas mais valiosas.

De acordo com Valkiria Garré, Diretora Executiva da Millward Brown no Brasil, “o fraco desempenho da economia brasileira e as políticas do governo para estabilizá-la ajudaram alguns segmentos mas prejudicaram outros e foram os responsáveis pela queda de valor de algumas marcas”. E Valkiria analisa que “A Petrobras é a segunda marca mais valiosa do Brasil, mas teve uma queda de 45% no valor de marca em relação a 2012. O fato do governo segurar o preço dos combustíveis como forma de deter a inflação fez com ela perdesse valor. Políticas governamentais para criar empregos e estimular consumo impulsionaram vendas em categorias de consumo como alimentos, cervejas e varejo. A marca brasileira mais valiosa – Skol – cresceu 39% em valor de marca, por exemplo”, completa.

O estudo BrandZ™ 100 Marcas Mais Valiosas do Mundo, encomendado pela WPP e realizado pela Millward Brown Optimor, está agora em seu oitavo ano. É o único ranking que utiliza os pontos de vista de compradores atuais e potenciais de uma marca, junto com dados financeiros, para calcular o seu valor.

  • compartilhe: