Acidente com avião da Chapecoense mata 21 jornalistas

29/11/2016

Autoridades colombianas confirmam a morte de 76 pessoas no acidente aéreo com a delegação da Chapecoense na madrugada desta terça-feira, 29, na Colômbia. A equipe de Santa Catarina viajava para a cidade para a disputa da partida final da Copa Sul-Americana com o Nacional. Desse total, 22 são profissionais de imprensa e apenas o jornalista Rafael Henzel, da Rádio Oeste Capital, sobreviveu.

A Rede Globo informou que estavam no voo o repórter Guilherme Marques, o repórter cinematográfico, Ari de Araújo Junior, e o produtor Guilherme Van der Lars. “Os nossos repórteres Guilherme Marques e Guilherme Laars e o repórter cinematográfico Ari de Araújo Jr. estavam no voo com o time da Chapecoense. Eles preparavam uma matéria especial para o Esporte Espetacular. Neste momento de dor e expectativa, aguardamos notícias oficiais das autoridades colombianas e prestamos toda a solidariedade às famílias de nossos colaboradores e amigos”, comunicou a emissora através de nota oficial.

Em comunicado, a FOX divulgou: “Sabemos da imensa emoção e dor dentro de cada um de nós neste momento. Certamente podermos nos apoiar como colegar neste momento difícil para todos, mas além disto, estamos providenciando uma psicóloga para cada um de nossos sites para que possam também fornecer todos apoio emocional que precisamos neste momento”. A emissora perdeu o comentarista Mario Sérgio Ponte de Paiva (ex-jogador da seleção brasileira), Victorino Chermont, repórter; Rodrigo Santana Gonçalves, repórter cinematográfico; Deva Pascovicci, narrador, Lilacio Pereira Júnior, coordenador de transmissões externas; e Paulo Clement, comentarista.

Também através de nota à imprensa, a RBS, em Santa Catarina (Grupo NC) e no Rio Grande do Sul (Grupo RBS), lamentou o acidente envolvendo a Chapecoense e suas equipes de reportagens que acompanhavam a delegação. Estavam à bordo Djalma Araújo Neto, repórter cinematográfico da RBS TV, André Luis Goulart Podiacki, repórter do jornal Diário Catarinense, Giovane Klein, repórter da RBS TV, Bruno Silva, técnico da RBS TV, e Laion Espíndula, repórter do GloboEsporte.com.

No voo também ainda estavam Renan Agnolin, repórter da rádio Oeste Capital, de Chapecó; Fernando Schardong, narrador da rádio Chapecó; Edson Ebeliny, repórter setorista da Chapecoense pela Super Condá; Gelson Galiotto, narrador da rádio Super Condá, de Chapecó; Douglas Dorneles, repórter esportivo da Rádio Chapecó; e Jacir Biavatti, comentarista esportivo da RIC TV.

  • compartilhe: